Marcelo Vieira – Política comentada e atualidades

Notícias, informações, entrevistas, reportagens e furos sobre política.

Busca em todo o site

REPROVADO: Em avaliação do portal UOL, administração do prefeito Edivaldo Holanda Júnior fica com nota 3,84

Por Marcelo Vieira Política
 





O portal Universo Online (UOL) criou sua em seu endereço na internet –www.uol.com.br – uma consulta aos seus

usuários sobre a situação das cidades em que vivem e a nota que o prefeito merece pelo seu trabalho. Até a tarde deste sábado (24), a nota média do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) era 3,84, ou seja, estaria abaixo de Regular Ruim, portanto, reprovado.

Para acessar, basta ir entrar na seção Eleições e lá encontrará o questionário do Avalie sua cidade. De acordo com os que avaliaram, os principais problemas de São Luís seriam Segurança Pública e ruas esburacadas.

Veja os percentuais de cada item:o p

  • Segurança – 27.56%
  • Ruas esburacadas – 14.29%
  • Transporte e Trânsito – 11.54%
  • Corrupção – 10.68%
  • Saneamento – 10.1%
  • Saúde – 7.36%
  • Educação – 5.63%
  • Abastecimento de água – 5.05%
  • Emprego – 2.6%
  • Limpeza e coleta de lixo – 2.02%
  • Acessibilidade – 1.3%
  • Poluição e áreas verdes – 0.87%
  • Alagamentos – 0.29%
  • Energia e iluminação – 0.29%
  • Esporte, lazer e cultura – 0.29%
  • Habitação – 0.14%

Ainda de acordo com a consulta, das dez cidades piores avaliadas do Brasil, uma é do Maranhão, Balsas, cujo prefeito, Luiz Rocha Filho (PSB), tem nota 1,5.

Do Blog Aquiles Emir

Edivaldo Holanda gasta R$ 56 milhões em publicidade

Por Marcelo Vieira Política
 





prefeito-edivaldo-holanda-junior-1Do Blog Maranhão de Verdade

Desde que assumiu, em janeiro de 2013, o candidato Edivaldo Holanda Braga Junior (PDT), que concorre à reeleição para a Prefeitura de São Luís, tem criado novas despesas, inchando a máquina pública municipal.

Desta vez firmou dois contratos milionários com agências de publicidade e propaganda durante sua gestão. Segundo balanço feito pelo Blog Maranhão de Verdade, até este domingo (25), haviam sido gastos R$ 56.903.905,43 (quinhentos e sessenta e nove milhões e trinta e nove mil e cinquenta e quatro reais) em publicidade e propaganda com o único objetivo de melhorar a sua imagem e autopromoção do incompetente do atual gestor.

As agências, Enter Propaganda e Marketing Ltda já embolsou o total de R$ 31.950.438,64 (trinta e um milhões e novecentos e cinquenta mil e quatrocentos e trinta e oito reais e sessenta e quatro centavos). Já a Leiaute Comunicação e Propaganda Ltda localizada no Estado da Bahia já faturou: o total de R$ 24.953.466,79 (vinte e quatro milhões e novecentos e cinquenta e três mil e quatrocentos e sessenta e seis reais e setenta e nove centavos).

Dinheiro este, que se fosse bem gerido pelo prefeito, seria mais do que suficiente para investir na melhoria do sistema de transporte coletivo, no sistema básico de saúde, na construção de escolas, de creches, etc. Mas ao invés de investir em obras prioritárias, Edivaldo Holanda gastou somas milionárias em publicidade e propaganda, nos últimos 3 anos e 9 meses de seu governo.

Velhaco: documentos mostram que Edivaldo vem ocultando patrimônio desde 2010

Por Marcelo Vieira Política
 





edddd

O prefeito de São Luís e candidato a reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), vem ocultando bens patrimoniais da Justiça Eleitoral desde as eleições de 2010, quando concorreu ao cargo de deputado federal. A descoberta foi feita pelo ATUAL7 após cruzamento de dados entre as declarações de bens de2016, 2012, 2010 e 2008, apresentadas pelo pedetista ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ao longo dos anos.

O caso é grave e pode colocar Edivaldo Júnior na cadeia.

De acordo com os documentos, dentre outros bens, Edivaldo declarou em 2008, quando concorreu pela segunda vez ao cargo de vereador de São Luís, ser proprietário de um apartamento no Edifício Mont Blanc, localizado no Renascença II. O apartamento, de acordo com outro documento obtido pelo ATUAL7, da Secretaria Municipal de Fazenda (SEMFAZ), foi adquirido desde 2002.

declaracao-de-bens-edivaldo- 01

Passados dois anos, porém, na eleição de 2010, quando concorreu e foi eleito deputado federal, o apartamento no Edifício Mont Blanc foi ocultado na declaração de bens, e Edivaldo informou ao TSE ser proprietário apenas de outro apartamento, dessa vez localizado na Avenida dos Holandeses, Calhau, no Edifício Cordoba, adquirido pelo pedetista em 1999 – o mesmo que ele sonegou IPTU por quase 10 anos.

declaracao-de-bens-edivaldo 2

OCULTADO… Já em 2010, Edivaldo ocultou da Justiça Eleitoral o apartamento no Edifício Mont Blanc, trazendo como novidade a propriedade de um outro apartamento…

Ocorre que, novamente dois anos depois, nas eleições de 2012, quando concorreu e foi eleito prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior voltou a declarar ser proprietário do apartamento no Edifício Mont Blanc, além de aplicações nos bancos do Brasil e Bradesco, propriedade de carros e de cotas na Universidade Infantil Rivanda Berenice, que já vinha sendo apresentada desde a primeira declaração.

declaracao-de-bens-edivaldo-holanda-junior-2012

DECLARADO NOVAMENTE… Em 2012, Edivaldo voltou a declarar a propriedade do apartamento no Edifício Mont Blanc, assim como um outro no Cordoba…

Contudo, quatro anos depois, nas eleições deste ano, em que concorre a reeleição, além de ter se colocado como mais pobre depois que virou prefeito de São Luís, o pedetista voltou a ocultar na Justiça Eleitoral o mesmo apartamento  – e ainda escondeu também a propriedade de uma sala comercial, localizada no bairro do São Francisco, adquirida desde 1979, mas nunca declarada ao TSE.

declaracao-de-bens-edivaldo-holanda-junior-2016

OCULTADO… E agora, em 2016, Edivaldo voltou a ocultado da Justiça a propriedade do apartamento no Mont Blanc, comprovando que não se trata de uma simples falha na declaração de bens, mas um crime eleitoral recorrente

A ocultação de bens patrimoniais feita por Edivaldo, como se percebe, está no fato do apartamento n.º 1.402 no Edifício Mont Blanc, que ora aparece numa declaração, ora desaparece em outra, ora reaparece na próxima, ser o mesmo de sempre, adquirido por ele em 2002. Como o caso vem ocorrendo desde as eleições de 2010, quando escondeu o imóvel pela primeira vez da Justiça Eleitoral, o crime pode ser considerado recorrente.

Segundo o artigo 350 do Código Eleitoral, o crime cometido por Edivaldo Holanda Júnior pode condená-lo a perda do cargo ou função pública, tirá-lo das eleições deste ano ou invalidar todos os seus votos e ainda à condenação de até cinco anos de prisão e pagamento de multa.

Coroadinho recebe carreata, caminhada, comício e declara Wellington próximo prefeito de São Luís

Por Marcelo Vieira Política
 





coro2

O Bairro do Coroadinho, um dos mais populosos de São Luís, deu uma demonstração de seu desejo de mudança e que não aprova e não aceita mais a gestão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT). Na tarde deste sábado,24, cerca de 5 mil pessoas tomaram as ruas do Coroadinho e caminharam com o candidato da coligação “Por Amor a São Luís”, Wellington 11 (PP).

O que deveria ser mais uma caminhada de campanha, transformou-se numa grande festa cívica pela democracia. Ao chegar na praça na Rua da Felicidade, onde seria o encerramento da caminhada, um grande comício foi realizado.

Durante a caminhada, o povo recebia Wellington com festa. Os moradores saiam de suas casas para abraça-lo e declarar seu apoio numa clara demonstração de que o Coradinho vota na renovação e na atitude para mudar de verdade.

“ Nós fomos enganados por esse prefeito que está aí. Nossa comunidade não aceita mais ser colocada de lado. Não aceitamos mais sermos enganados. Fomos esquecidos e não é um pouco de asfalto que que vai fazer a gente votar errado novamente. Eu sou 11, sou Wellington”, disse Dona Raimudinha, moradora há mais de 30 anos.

As crianças eram pura alegria com a presença do próximo prefeito. E se podia notar a esperança no sorriso dos jovens. Como da jovem, Eduarda de 17 anos e que vota pela primeira vez esse ano. “ Confio que Wellington vai fazer muito pela nossa cidade, principalmente pela nossa educação. Ele já ajudou muitas pessoas a passar em concurso no seu cursinho, e a juventude precisa da educação para vencer na vida”.

coro1

Comício

O candidato a vereador e uma das maiores lideranças da comunidade, Nato Júnior, abriu o comício convocando todos para que no dia 02 de outubro votem em Wellington e assim pomham fim a uma administração que abandonou o Coroadinho. “ Aqui ninguém quer continuar com esse prefeito que está aí. Em nosso bairro fata uma creche, falta água, falta saúde de qualidade. Esse prefeito nos esqueceu e agora acha que pode ter nosso voto em troca de um pouco de asfalto, que é a obrigação dele. Por isso vamos votar no 11, vamos votar em um prefeito de atitude e coragem para resolver. Nosso prefeito é Wellington”, afirmou Nato Jr

Em seguida foi a vez de Wellington pegar o microfone. Ele foi direto ao ponto e disse que no dia 2 de outubro o Coroadinho tem o poder de decidir quem será o próximo prefeito de São Luís, não para administrar apenas no ano de eleição ou em seis meses, mas para administrar pelos próximos quatro anos. “São Luís tem um prefeito que durante três anos se escondeu, sumiu e desapareceu de maneira covarde, e a gora reaparece na televisão mostrando uma São Luís que não é a mesma que você e eu moramos. Andando pelas ruas do Coroadinho eu pude ver a tristeza no olhar das mães e das pessoas de não ter uma creche, de não ter uma escola de qualidade”.

Wellington finalizou seu discurso convocando o povo para lutar nesses próximos oito dias e impedir que a população sofra por mais quatro anos. “ Os próximos dias serão dias de luta, dias combativos, e eu convoco a todos para invadir as feiras, os bairros, todos os lugres. Esse prefeito que está aí, anda dizendo que já ganhou. Ele zomba do povo, porque acha que pode comprar o seu voto com asfalto, mas ele vai saber ao abrir das urnas que o povo tem memória”.

carre1

Carreta

Ainda na manhã deste sábado, acompanhado do seu candidato a vice-prefeito, vereador Roberto Rocha Júnior (PSB); lideranças políticas e comunitárias; e candidatos ao cargo de vereador, Wellington realizou no Polo Coroadinho, uma mega carreata com mais de 500 veículos que percorreu, além do Coroadinho, ruas do Bom Jesus, Alto da Esperança, Vila dos Nobres, dentre outros.

Por onde passou, o candidato progressista recebeu das pessoas o voto de confiança e a certeza de que, a partir de janeiro, São Luís tomará um novo rumo, pautado no desenvolvimento econômico e social; e com um olhar atento para as verdadeiras necessidades da população.

“Queremos um prefeito atuante, que esteja em contato permanente com a população com o objetivo de verificar os problemas e buscar soluções para resolvê-los. Já chega de um prefeito de gabinete, que tem medo de dialogar com o cidadão. Tenho certeza que no dia 02 de outubro, o polo Coroadinho irá confirmar Wellington 11 para prefeito de São Luís”, disse um dos candidatos a vereador da coligação.

Coligação de Osmar Fonseca realiza grande comício em Lago do Junco

Por Marcelo Vieira Política
 





jun

Blog do Carlinhos 

Neste sábado (24) uma multidão empolgada participou de um Grande Comício em Lago do Junco (MA) promovido pela coligação “Avante Lago do Junco: no Caminho Certo”, encabeçada pelo atual prefeito Osmar Fonseca (PT) e Enoc Lopes (PCdoB), candidatos a reeleição a prefeito e vice.

Os simpatizantes se organizaram em carreata, onde centenas de pessoas manifestarem apoio aos candidatos da coligação, formando um grande ato politico, superando os demais já realizados pelo grupo governista nesta campanha. Os candidatos da coligação: Osmar, Enoc, e os candidatos a vereador, lideranças locais, e o representante do governo do Estado, Mávio Rocha, também participaram do evento.

Na oportunidade, os candidatos a vereadores da coligação deixaram suas mensagens e propostas para o grande publico presente no comício. Além do candidato a prefeito, Osmar Fonseca, e do vice-prefeito Enoc Lopes, que também externaram suas considerações firmando o compromisso de continuar a realizar uma grande gestão no município de Lago do Junco.

jun1

“Edivaldo, não fuja..venha debater comigo”, provoca Wellington na propaganda…

Por Marcelo Vieira Política
 





vinhais 5

O candidato do PP à Prefeitura de São Luís, Wellington do Curso, faz um desafio público ao prefeito, em sua atual propaganda eleitoral na televisão.

– Edivaldo, não fuja. Não se esconda das responsabilidades. Venha debater comigo – provoca Wellington, criticando a fuga do prefeito do debate da TV Gauará.

Afirmando estar preparado para o debate com o prefeito, Wellington lembra que o candidato do PDT se escondeu durante três anos atrás do comando da prefeitura, e agora se esconde, também, de dar respostas ao povo.

A partir desta segunda-feira, 26, dois debates ainda estão previstos nas emissoras de TV.

No dia 27, terça-feira, será o debate da TV Difusora; doi dais depois, o confronto é na TV Mirante, encerrando a propaganda eletrônica na campanha, a três dias do pleito.

– É hora de o eleitor saber quem foge das responsabilidades e quem tem atitude em seu favor – pregou o candidato do PP.

Edivaldo já confirmou presença na Difusora  na Mirante…

Blog do Marco D’Eça

Talita Laci dispara e tem 45% das intenções de voto em Raposa, diz Escutec

Por Marcelo Vieira Política
 





talota-talita

A segunda pesquisa do Instituto Escutec de intenção de votos com os candidatos à Prefeitura de Raposa, divulgada neste sábado (24), mostra Talita Laci, do PCdoB, na liderança, com 45% da preferência do eleitorado raposense.

Tecnicamente empatados dentro da margem de erro, aparecem em segundo Ociléia (PRB) com 23,8%, e em terceiro Eudes Barros (PR), que tem 20,6%. O último colocado é Maurício Almeida (PSB) que possui apenas 2,4%.

Não sabem ou não opinaram somam atualmente 5%; Brancos e Nulos 3,2%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Na espontânea – Quando a pergunta é feita pelo entrevistador sem oferecer opção de nomes dos candidatos ao entrevistado, Talita Laci possui 41%. Ociléia e Eudes aparecem rigorosamente empatados; A candidata do PRB tem 20,6% contra 20,2% do candidato do PR.

Análise 

Essa é a segunda pesquisa registrada da Escutec no município, a primeira foi divulgada no dia 30 de junho (LEMBRE). Talita estava à frente com uma diferença de 8,3%. Nesta nova pesquisa, a candidata apoiada pelo governador possui 21,2% de vantagem sobre a segunda colocada. Um crescimento significativo!

Dados

O Instituto Escutec – Pesquisa de Mercado e de Opinião Pública, ouviu 500 pessoas entre os dias 15 e 16 deste mês de setembro nos bairros Vila Talita, Pirâmides, Araçagi, Boa Esperança, Cumbique, Alto do Farol, Alto da Base, Itapeuá, Vila Nova, Jardim das Oliveiras, Vila Laci, Vila Bom Viver, Jussara, Maresia I e II, Inhaúma, Carcarape, Centro e Garrancho.

A consulta está registrada no TSE sob o número 0743/2016 e foi contratada por Clodoaldo Correa Garcez, CNPJ: 189623190001/63.

MENTIROSO: Edivaldo Holanda Jr mente sobre a dívida do município e é desmascarado pelo antigo gestor João Castelo

Por Marcelo Vieira Política
 





Resultado de imagem para edivaldo holanda jr sabatina o estado

Mais uma mentira do atual prefeito e candidato à reeleição Edivaldo Holanda Jr (PDT) foi desmascarada!

Edivaldo Jr falou durante a sabatina do jornal O Estado do Maranhão, que quando assumiu a administração de São Luís, pegou a prefeitura com um rombo de R$ 1 bilhão, de acordo com ele, deixado pelo antigo gestor, João Castelo (PSD).

EDIVALDO 1

Dados obtidos através do Portal da Transparência e do Diário Oficial mostraram que o atual prefeito aumentou em quase oito vezes a dívida do município em comparação com o antecessor João Castelo.

Os números são claros e estão disponíveis a qualquer cidadão. No Diário Oficial de 29 de janeiro de 2013, primeiro mês de administração do prefeito Edivaldo Holanda Jr, o balanço referente ao último ano da gestão do ex-prefeito João Castelo em 2012, revelou que a dívida consolidada da prefeitura de São Luís era no valor de um pouco mais de R$ 67 milhões, já a Dívida Consolidada Líquida que engloba obrigações financeiras para o ano subsequente está no valor de R$ 257 milhões, somando, no total R$ 324 milhões. Número bem menor que o divulgado pelo prefeito de São Luís.

“Recebemos no dia 1º de janeiro de 2013, uma prefeitura que tinha muitos débitos, que beirava cerca de R$ 1 bilhão”, disse Edivaldo Jr, durante a sabatina de O Estado.

CASTELO

Para o ex-prefeito João Castelo, que deixou a prefeitura com as finanças controladas, conforme os próprios documentos do município comprovam o atual prefeito faltou com a verdade, ou seja, mentiu sobre a real situação administrativa de São Luís, para justificar eventual desorganização orçamentária.

“Lamentavelmente, Edivaldo sempre fala o contrário da realidade, esses números foram totalmente distorcidos e inverídicos. A dívida consolidada que eu deixei foi de R$ 67 milhões. Agora se você somar as obrigações normais e os restos a pagar você tem um total líquido de R$ 324 milhões. Como ele vai dizer que eu deixei com R$ 1 bilhão de dívida? ” disse João Castelo.

Os documentos mostram uma evolução da dívida consolidada do município desde que Edivaldo Holanda Jr assumiu a prefeitura. Em seu primeiro ano de gestão o valor saltou de R$67 milhões para R$ 403 milhões em 2013, caiu para R$ 375 milhões em 2014 e chegou a mais de R$ 500 milhões de reais em 2015 e no primeiro quadrimestre de 2016 manteve o valor acima dos R$ 500 milhões.

EDIVALDO 2

A gestão do atual prefeito em menos de quatro anos aumentou em 87% o rombo do município.

“Fazendo uma ligeira análise nós percebemos que há um aumento da dívida e isso não pode acontecer hoje. Porque isso dificulta uma série de questões como a do saneamento por exemplo. Enfim, isso vai interferir diretamente na qualidade de vida da população.” Disse o economista Oyama Cardoso.

Todos esses dados mostram mais uma vez que a máscara de santo de Edivaldo Holanda Jr está caindo. O atual prefeito mente sem nenhum temor, só que ao contrário do que ele pensa, a verdade sempre aparece e com certeza irá ser refletida nas urnas no próximo domingo.

Em áudio, Flávio Dino detona caos na saúde e na educação na gestão do aliado Edivaldo

Por Marcelo Vieira Política
 





Do Blog Daniel Matos

A gravação de um discurso inflamado do governador Flávio Dino (PCdoB) mostra que até o comunista, aliado e mentor político do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), anda insatisfeito com a má gestão da saúde e da educação em São Luís.

Visivelmente indignado, Flávio Dino prega o fim das filas nos hospitais da capital, uma realidade a cada dia mais deprimente para a população humilde da cidade, obrigada a dormir na fila da Central de Marcação de Consultas (Cemarc) para conseguir atendimento. Como se não bastasse o sacrifício de passar a noite ao relento, o tempo de espera até o dia da consulta é de até seis meses.

Ao comentar o descaso com a educação na administração de Holandinha, Dino lembra com revolta dos mais de 100 dias de interrupção das aulas nas escolas mantidas pela prefeitura. Ouça:

E agora? Edivaldo Jr ficou oito anos sem pagar IPTU

Por Marcelo Vieira Política
 





IPTU não foi prioridade para o prefeito durante sete anosDo Blog Marco D’eça

Uma bomba que vinha sendo mantida nos bastidores foi revelada nesta sexta-feira, 23: o prefeito Edivaldo Júnior (PDT), cuja campanha apontou o dedo para adversários com supostos problemas fiscais, foi, ele próprio, um devedor compulsivo do IPTU na capital maranhense.

Morador do Edíficio Córdoba, na Ponta do Farol, área nobre de São Luís, Edivaldo passou exatos sete anos sem pagar o IPTU do seu imóvel – entre 2001 e 2007. O documento não mostra de qual imóvel seria o débito.

Mesmo sendo eleito vereador em 2004, o atual prefeito continuou sem pagar o tributo durante todo o mandato.

Chegou, inclusive, a ser inscrito na Dívida Ativa de Inadimplentes do Município de São Luís.

A campanha do prefeito tem usado desde o início redes sociais e blogs alinhados para atacar o adversário Wellington do Curso (PP), que foi apontado por documentos vazados pela própria prefeitura, como devedor do IPTU em São Luís.

A diferença entre os dois é que Wellington questionava o débito judicialmente, detalhe que não aparece na relação de débitos de Edivaldo.

Só a partir de 2008, quando disputou o segundo mandato de vereador, é que os débitos do prefeito desapareçam do sistema de inadimplentes, o que leva a crer que ele tenha pagado o imposto.

A revelação é mais uma bomba desta campanha eleitoral.

Que tem sido marcada por denúncias de lado a lado…

C