Marcelo Vieira – Política comentada e atualidades

Notícias, informações, entrevistas, reportagens e furos sobre política.

Busca em todo o site

Justiça determina que vice assuma cargo de prefeita foragida no MA

Por Marcelo Vieira Política
 





G1 MA

O juiz Cristóvão Sousa Barros, titular da 2ª Vara da Comarca de Bom Jardim (MA), concedeu, nesta quinta-feira (27), mandado de segurança determinando que a vice, Malrinete Gralhada (PMDB), assuma imediatamente a prefeitura da cidade, que está sem gestordesde que a prefeita Lidiane Leite da Silva, de 25 anos, fugiu após ter a prisão decretadapela “Operação Éden”, da Polícia Federal. O Ministério Público já pediu a indisponibilidade dos bens e o afastamento de Lidiane por meio de duas ações civis públicas por improbidade administrativa.

Na decisão, o juiz Cristóvão Sousa Barros afirma que a medida visa a “proteção do interesse público diante da situação de insegurança social e política que vive a Comunidade de Bom Jardim”. A determinação vale “enquanto perdurar o impedimento da prefeita”, observa o magistrado.

Procurado pelo G1o advogado da prefeitaCarlos Sérgio de Carvalho disse que ainda não tinha conhecimento da decisão e informou que Lidiane está estudando pedir o próprio afastamento da prefeitura em breve.

A vice Malrinete Gralhada (PMDB) disse ao G1que vai aguardar ser empossada pela Câmara Municipal. “Eu tenho prazo de 24 horas para a Câmara Municipal me dar posse, mas o presidente da Câmara, vereador Arão Silva, está em São Luís. Eu já falei com o vice [vereador Cinego], que está aguardando a documentação da Justica”, informou.

Gralhada se disse pronta para assumir a cidade, que vive clima de incerteza. “Eu estou pronta para assumir e pronta para trabalhar pelo nosso município. Vamos, inicialmente, retomar a estabilidade. Temos que colocar o funcionalismo em dia, pois uns receberam os salários e outros não. E, de imediato, vamos pedir uma auditoria nas contas do município e regularizar a merenda escolar”, garantiu.

vice havia ajuizado mandado de segurança no Fórum de Bom Jardim, na terça-feira (25). AoG1, ela revelou que havia estava impedida de entrar na sede da prefeitura desde 2013, por determinação de Lidiane.

Ministério Público
A Promotoria de Justiça de Bom Jardim ajuizou ações na Justiça pedindo a indisponibilidade dos bens e o afastamento da prefeita do cargo. Também foram denunciados o ex-secretário municipal Beto Rocha, namorado de Lidiane, preso no dia 20 de agosto pela PF; os empresários Antônio Oliveira da Silva, Karla Maria Rocha Cutrim (Zabar Produções), Fabiano de Carvalho Bezerra, Raimundo Nonato Silva Abreu Júnior, o motoboy Anilson Araújo Rodrigues (A4 Entretenimento) e o contador e pregoeiro do Município Marcos Fae Ferreira França.

STJ e Interpol
A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Maria Thereza de Assis Moura, negou o pedido de habeas corpus à Lidiane. O superintendente da PF no Maranhão, Alexandre Saraiva, disse ao G1 que solicitou à Interpol a inclusão do nome da prefeita na lista vermelha da organização.

Ostentação
A rotina de viagens, festas, roupas caras, veículos e passeios de luxo é incompatível com o salário de pouco mais de R$ 12 mil que Lidiane recebia como prefeita de Bom Jardim e passou a compartilhar por meio de fotos nas redes sociais.

“Eu compro é que eu quiser. Gasto sim com o que eu quero. Tô nem aí pra o que achem. Beijinho no ombro pros recalcados”, comenta a prefeita na internet. Em outro post, ela diz: “Devia era comprar um carro mais luxuoso pq graças a Deus o dinheiro ta sobrando (sic)”.

Antes de começar a ostentar luxo na web, aprefeita teve uma vida humilde e vendia leite na porta da casa da mãe, em Bom Jardim.

Repercussão nacional
O caso de desvios em Bom Jardim ganhou repercussão nacional após uma reportagem exibida no telejornal Bom Dia Brasil mostrando a precariedade das escolas no município. A TV Globo obteve com exclusividade acesso a documentos da investigação de supostos desvios de recursos públicos da merenda escolar e da reforma de escolas.

O rentável mercado de cassação de prefeitos…

Por Marcelo Vieira Política
 





Do blog de Robert Lobato

Prefeito enrolado aquece a economia maranhense.

Esta é a conclusão que se pode chegar a partir da onda de gestores municipais que saem e voltam ao poder no Maranhão.

Não é segredo algum pra ninguém que há uma indústria, ou melhor, um ‘mercado paralelo’ que movimenta muito dinheiro nesse jogo de “cassa-não-cassa” prefeito.

Um mercado milionário que impulsiona vários setores da economia, tais como: imóveis (apartamentos luxuosos, mansões, fazendas…), carros de luxo, lojas de grifes famosas, construção civil, escritórios de advocacia etc.

Políticos, juízes, desembargadores, empresários, profissionais da imprensa, agiotas (claro!), enfim, uma rede sacana de negócios que é responsável pela existência de figuras como “Lidianes”, “Chicotes” e “Helderes” da vida.

Esse mercado inverte e subverte valores. Ninguém vale pelo que é, mas pelo que tem.Continue lendo aqui…

Roberto Costa lança Frente Parlamentar de Prevenção e Combate ao Uso de Drogas

Por Marcelo Vieira Política
 





Em ato solene realizado na tarde desta quarta-feira (26), no auditório Fernando Falcão da Assembleia, foi lançada a Frente Parlamentar de Prevenção e Combate ao Uso de Drogas e Defesa da Família no Estado do Maranhão. A iniciativa é do deputado Roberto Costa (PMDB) e foi efetivada por intermédio de Projeto de Resolução da Mesa Diretora da Casa.

De acordo com o Projeto de Resolução, compete à Frente Parlamentar de Prevenção e Combate ao Uso de Drogas realizar estudos, seminários, promover debates, propor medidas e adotar providências em vários sentidos. Uma delas, por exemplo, é a de incentivar, promover e fomentar mecanismos de combate ao tráfico de drogas ilícitas, em ação articulada com os órgãos e instituições do sistema de Justiça, bem como da sociedade civil organizada.

Na oportunidade, Roberto Costa, que é o coordenador da Frente Parlamentar, lembrou que as políticas públicas de prevenção e combate ao uso de entorpecentes são, historicamente, esquecidas em nosso País. “É preciso que os poderes constituídos em parceria com a sociedade chamem para si a responsabilidade de prevenir, combater e tratar. Não basta a prevenção. É preciso ir além e buscar respostas para o como e o porquê. Todos temos que nos unir em torno dessa causa”, defendeu.

Segundo o deputado Roberto Costa, a Frente Parlamentar é composta por deputados estaduais integrantes dos partidos políticos com representação na Assembleia e suas reuniões serão públicas e realizadas na periodicidade e local estabelecidos por seus integrantes. “Vamos procurar promover um intercâmbio com entidades estatais, paraestatais, Assembleias Legislativas de outros Estados, como as casas legislativas de outros Municípios, o registro e a difusão de experiências na área, sobretudo as bem sucedidas, e o aperfeiçoamento recíproco das respetivas políticas, nacionais, regionais e locais”, esclareceu.

O deputado Roberto Costa anunciou ainda que a Frente Parlamentar de Prevenção e Combate ao uso de Drogas também será lançada no município de Bacabal no dia 25 de setembro.

A deputada Valéria Macedo (PDT), coordenadora adjunta da Frente Parlamentar, destacou o quanto que o problema das drogas vem se alastrando em todo o interior do estado e reconheceu que, até aqui, os poderes públicos não têm priorizado na execução das políticas públicas esse grave problema social. “Precisamos constituir uma força-tarefa para enfrentar esse grave problema social. É preciso a união, a coesão e a ajuda de todos”, argumentou.

O deputado Wellington do Curso (PPS) reconheceu ser o problema das drogas muito sério e complexo e que vitima principalmente a população mais carente. “Para enfrentar esse problema precisamos resgatar os valores da família. Não podemos perder a esperança. A responsabilidade é de todos nós”, observou.

PALESTRA

O juiz auxiliar de Direito, Roberto Oliveira de Paula, focou sua palestra na polêmica estabelecida no meio jurídico no que diz respeito ao artigo 28 da Lei Nº 11.343/06, que instituiu o Sistema Nacional de Políticas Públicas Sobre Drogas (SISNAD) e despenalizou a conduta de quem consome ou comercializa entorpecentes. “A partir dessa lei não se pode mais aplicar pena aos infratores de privação da liberdade, mas somente as chamadas penas alternativas”, advertiu.

Roberto Oliveira de Paula disse que, a partir de 2006, aumentou em 339% a população carcerária brasileira e que, hoje, existem 200 mil presos em função do envolvimento com os entorpecentes. “O Brasil é o quarto país em população carcerária, perdendo apenas para os EUA, Rússia e China”, acrescentou.

AVALIAÇÃO

Maria Aparecida Nunes Santos, 46 anos, aluna do Curso Técnico de Reabilitação de Dependentes Químicos considerou a iniciativa da Assembleia muito boa. “A droga tá tomando conta de tudo. Temos que fazer alguma coisa. Espero que não fique só aqui. Esse é um grave problema da nossa sociedade que tem destruídos muitos jovens e muitas famílias”, ressaltou.

Além dos deputados, compuseram a mesa dos trabalhos a Defensora Pública do Estado do Maranhão, Mariana Albano; o Coordenador da Rede de Proteção aos Usuários de Entorpecentes do Maranhão, Erisson Lindoso; o Pastor da Igreja Adventista do Sétimo Dia, Alexandre Lima; o Diretor Adjunto do Liceu Maranhense, João Soares da Fonseca; o secretário adjunto de Estado da Saúde, Arnaldo Garcia; O coronel da Polícia Militar e Coordenador do Programa de Resistência às Drogas (PROERD), José de Ribamar Silva Filho; o bispo emérito da Diocese de Viana, Dom Xavier Gilles; o médico psiquiatra e coordenador do CAPS no Maranhão, Marcelo Soares Costa ; o Coordenador da Pastoral da Sobriedade, Rogério Maranhão e o vereador Fábio Câmara (PMDB), de São Luís.

MP pede afastamento de Lidiane Leite em duas novas ações

Por Marcelo Vieira Política
 





O Ministério Público do Maranhão ajuizou nesta quinta-feira, 27, duas ações civis públicas por atos de improbidade administrativa, com pedido de liminar, para indisponibilidade de bens e afastamento do cargo da prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite da Silva.

Também são acionados ex-secretários municipais, empresários e empresas prestadoras de serviços à Prefeitura de Bom Jardim, que são suspeitos de integrar uma organização criminosa que fraudava licitações para desviar recursos públicos do município.

De acordo com as investigações do Ministério Público, nos dois procedimentos licitatórios (um para contratação de empresa para locação de veículos e outro para execução de reformas em escolas da sede e da zona rural de Bom Jardim), os valores dos contratos ultrapassam R$ 4 milhões e 100 mil.

Em ambas as ações, estão envolvidos o ex-secretário Humberto Dantas dos Santos, conhecido como Beto Rocha e que é marido da prefeita; e o empresário Antonio Oliveira da Silva, vulgo Zabar.

Na licitação para locação de veículos (modalidade pregão presencial), no valor R$ 2.788.446,67, foram acionados, ainda, o empresário Fabiano de Carvalho Bezerra e a sua empresa A4 Serviços e Entretenimento Ltda (também envolvidos nos esquemas criminosos da Prefeitura de Anajatuba); Anilson Araújo Rodrigues (motoboy); Raimundo Nonato Silva Abreu Júnior (empresário) e Marcos Fae Ferreira França (contador e pregoeiro do município).

Empresa de fachada

As investigações conduzidas pela Promotoria de Bom Jardim e pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) do MPMA constataram diversas irregularidades, como ausência de justificativa para contratação, participação de apenas uma empresa, ausência de vários documentos para habilitação da empresa e de pareceres técnicos e jurídicos sobre o processo licitatório.

Para o Ministério Público, representado pela promotora de justiça Karina Freitas Chaves, a empresa A4 é apenas de fachada, pois não possui um veículo em seu nome e nem sede, e os seus sócios não tinham qualquer controle sobre os motoristas contratados para executar o serviço.

“Vencedora” de processo licitatório (modalidade tomada de preços) para a reforma de 13 escolas municipais de Bom Jardim, na qual foi a única concorrente, a empresa A. O DA SILVA E CIA LTDA se beneficiou de várias irregularidades: não há projeto básico referente à licitação; a Prefeitura não divulgou em jornal de grande circulação o aviso de licitação; as certidões negativas de débitos foram emitidas após a sessão que deveria recebê-las; não há nos autos documento que comprove a qualificação técnica da empresa, entre outros vícios.

Segundo foi constatado pelo Ministério Público, a empresa A. O DA SILVA E CIA LTDA funcionava apenas como fachada para repassar recursos públicos destinados ao serviço para o marido da prefeita Lidiane Leite. Em depoimento à Promotoria de Justiça, Zabar, o dono da empresa, garantiu que valores recebidos pelo contrato eram repassados para a conta pessoal de Beto Rocha, que se encarregaria de contratar os funcionários para supostamente trabalharem na reforma das escolas.

O contrato para as obras tinha o valor de R$ 1.377.299,77 para os serviços nas 13 escolas. No entanto, conforme informou à Promotoria o próprio empresário apenas quatro escolas foram reformadas. “Isso nada mais é do que uma demonstração clara da fraude no procedimento licitatório, com o desvio do dinheiro público e atos atentatórios à probidade administrativa”, constatou a promotora de justiça Karina Chaves.

Nesta licitação, a empresária Karla Maria Rocha Cutrim também está sendo acionada.

Penalidade

Nas duas ações civis, o Ministério Público requer à Justiça que sejam aplicadas aos demandados as penalidades previstas no artigo 12 da Lei 8.429/92 (a Lei da Improbidade Administrativa), que são:ressarcimento integral do dano, se houver, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos, pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.

MP recomenda à Marcel Curió a interdição de 10 escolas em Governador Nunes Freire

Por Marcelo Vieira Política
 





O Ministério Público do Maranhão, por meio da Promotoria de Justiça de Governador Nunes Freire, encaminhou Recomendação ao prefeito Marcel Everton Dantas Silva, o ‘Marcel Curió’, e ao secretário de Educação, João Marinho, solicitando modificações e interdições em dez escolas de ensino fundamental do município.

A Recomendação, de autoria da promotora de justiça Laura Amélia Barbosa, também requer a construção de prédios próprios; a regularização do fornecimento de merenda escolar e a compra de equipamentos, entre carteiras e ventiladores.

O documento refere-se às escolas São José I, Faixa do Clóvis, Reginaldo Lima dos Santos, Severo Soares dos Santos, Antonio Torres, Governador Nunes Freire, Hamilton Werneck, Vila União, Povoado Macaxeira 2 e Pequeno Príncipe.

Dentre as escolas citadas, em pelo menos três unidades de ensino, as salas de aula funcionam separadamente dos prédios. Outras duas não têm prédios próprios, funcionando em edificações cedidas ou alugadas.

O caso mais grave é o da Escola Fundamental Faixa do Clóvis, cuja sala funciona no prédio do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR) do município. Há outro cômodo que serve para local como classe e secretaria ao mesmo tempo.

“Nesse colégio, também há outra sala em que o aluno vê e ouve a aula ministrada na sala vizinha. Ocorre uma verdadeira mistura de conteúdos”, exemplifica a promotora Laura Amélia Barbosa.

Na Escola Fundamental Severo Soares dos Santos, três salas funcionam sem janelas, sem ventilação e sem ventiladores. As carteiras também devem ser trocadas, devido às suas condições precárias.

Ainda de acordo com a representante do Ministério Público, algumas escolas não têm banheiro; e os banheiros das que têm são totalmente inadequados”.

A Recomendação estipula o prazo de 30 dias para cumprimento das solicitações feitas, à exceção dos casos em que foram requeridos prazos específicos.

No documento, também foi estabelecido o prazo de 10 dias para que o Município de Governador Nunes Freire informe ao MPMA as providências tomadas para cumprir as solicitações, sob pena do ajuizamento de medidas judiciais.

Veja abaixo a situação de algumas escolas que serão interditadas:

 

As informações são do MPMA

 

Deputado Roberto Costa recebe alunos de Bacabal em visita à Assembleia

Por Marcelo Vieira Política
 





Alunos do Centro de Ensino Médio (CEM) Elisa Monteiro, do município de Bacabal, visitaram as instalações da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (27). Os 38 estudantes foram recepcionados pelo deputado Roberto Costa (PMDB), que os acompanhou e os apresentou a Casa.

Os alunos de Bacabal vieram a São Luís para uma aula de campo em Panaquatira, Região Metropolitana, e aproveitaram a ocasião para conhecer um pouco mais sobre o Parlamento Estadual. Durante a visita, os alunos do CEM Elisa Monteiro foram acompanhados pelo deputado Roberto Costa, que explicou todo o funcionamento do Legislativo, apresentando também aos alunos as dependências da Casa.

“Hoje estamos recebendo esses alunos de Bacabal, que estão vindo a São Luís para fazer uma pesquisa em Panaquatira e conhecer a Assembleia Legislativa. É importante que eles entendam o funcionamento da Casa e é necessária essa aproximação, pois aqui é a casa do povo. É uma visita que vai abrir a cabeça deles, historicamente e politicamente, além de ser culturalmente enriquecedora”, destacou o parlamentar.

Segundo Edilene de Cássia, diretora da escola, a visita à Assembleia Legislativa é de suma importância para os alunos, pois os estudantes participaram do curso Parlamento Jovem Brasileiro que teve, inclusive, estudantes premiados do município de Bacabal. “É importante que eles conheçam o dia a dia da Assembleia, pois os alunos estão vindo de um curso sobre Parlamento Jovem e estão tendo a oportunidade de ver na prática tudo o que aprenderam”, assinalou.

Para a estudante Celyjane de Jesus Bayma, foi enriquecedor entender mais um pouco sobre o funcionamento da AL. “Eu acho interessante que a gente venha conhecer de perto o trabalho dos deputados, os projetos. É uma atividade até mais interessante para o aluno, pois é um aprendizado extraclasse”, avaliou.

Deputados visitam o novo trem de passageiros da Vale que interliga o Maranhão ao Pará

Por Marcelo Vieira Política
 





Os deputados Othelino Neto (PCdoB) – vice-presidente da Assembleia – e Fernando Furtado (PC do B), acompanhados de uma equipe de diretores da Casa, visitaram, na tarde desta quarta-feira(26), o novo trem de passageiros da Vale, que será inaugurado no dia 14 de setembro. A renovação do transporte de passageiros, que interliga os estados do Maranhão e Pará, é um marco para a Vale, pois este ano a empresa celebra 30 anos de operações da EFC.

Na visita, a comitiva conheceu as principais instalações do novo trem e os vagões da classe econômica, a área adaptada a pessoas com deficiência e também as novidades da classe executiva. A Vale também apresentou os novos serviços que passam a ser oferecidos à população a partir do próximo mês. Como o restaurante e a área de bagageiros, entre outros.

“É um trem muito bom que oferece mais conforto e segurança aos usuários e estamos muito felizes em conhecer e saber que agora a população vai utilizar um ter mais confortável com mais serviços o que melhora bastante a utilização desse transporte”, afirmou o vice-presidente da Assembleia, deputado Othelino Neto.

O deputado Fernando Furtado parabenizou a Vale pelo investimento que coloca o Maranhão como referência no transporte ferroviário de passageiro. “ O Maranhão e a Vale estão de parabéns pelo investimento que passa a oferecer à população um trem, que podemos comparar a um avião, com tamanho conforto, segurança e tecnologia”.

O novo trem, que circula por 23 municípios maranhenses e 4 do Para, continua operando com mesma velocidade, mas está mais amplo e confortável. Agora tem capacidade para receber até 1.600 passageiros por dia.  Para isso foram investidos, segundo a mineradora, mais de 55 milhões de dólares, cerca de 200 milhões de reais.

O diretor de operações da EFC, Cláudio Mendes, explicou que foram adquiridos 39 carros, dos quais 6 são executivos, 21 econômicos e 12 de serviços que incluem lanchonete, restaurante, especial para cadeirantes, bagageiro e gerador. Cada carro executivo da EFC tem capacidade para transportar 60 passageiros. Já nos econômicos haverá 79 lugares. Além disso, toda a composição conta com detector de fumaça, aumentando a segurança dos usuários. As passagens já estão à venda na Estação Ferroviária. O trem parte de São Luís com destino até Parauapebas no dia 14 de setembro.

O diretor de comunicação da Assembleia, Carlos Alberto, destacou o conforto, a tecnologia e a segurança do novo trem da vale e adiantou que será um dos passageiros a embarcar na viagem de inauguração do trem, dia 14 de setembro. “ Gosto muito de trem. É um transporte seguro e confortável. Realmente espetacular e vou garantir minha passagem no dia 14”.

O TREM

Os vagões, que desembarcaram em São Luís (MA) no segundo semestre de 2014, obedecem a padrões europeus de qualidade. Mais modernos, os banheiros receberam novo layout e tecnologias voltadas a priorizar o uso sustentável dos recursos naturais, como a substituição do papel toalha por ar quente para a secagem das mãos. O sistema de descarga é a vácuo, semelhante ao utilizado na indústria da aviação, o que reduz o consumo de água. Os novos carros também são equipados com monitores de vídeo.

Os carros da classe executiva contam com sistema de som e iluminação individualizados para dar maior conforto e comodidade aos viajantes. Outro diferencial são as poltronas, mais confortáveis. As novidades contemplam também os carros-restaurante e cadeirante. O primeiro possui 72 lugares, o que representa um acréscimo de 56% em relação às composições que operam atualmente.

SEGURANÇA E CONFORTO

O investimento prevê ainda um novo sistema de abertura e fechamento das portas externas, bem como as localizadas entre um carro e outro, que é automático. A travessia entre os carros também mereceu melhorias e ficará ainda mais segura e confortável.

Os novos carros de passageiros contam ainda com displays externos e internos, que exibem informações gerais sobre a viagem. Dados como destino e trajeto do trem, número dos carros, estações e paradas de embarque e de desembarque, entre outros, são algumas das orientações voltadas a facilitar ainda mais a viagem.

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Com a entrada em operação da nova frota do trem de passageiros da Estrada de Ferro Carajás e a climatização de todos os carros, as pessoas que vendem alimentos às margens da ferrovia – as chamadas “bandequeiras” – deixarão de comercializar seus produtos na janela do trem. Para criar uma alternativa de renda que represente uma melhora na vida dessas pessoas, a Fundação Vale implantou o Programa AGIR EFC (Apoio à Geração e Incremento de Renda). Em parceria com instituições especializadas, a Fundação Vale está promovendo capacitações e auxiliando esse público na busca por novos mercados consumidores.

Centenas de famílias de seis municípios maranhenses foram beneficiadas no início deste processo. Foram criados 22 negócios sociais em seis municípios do Maranhão e um no Pará. Os benefícios do projeto incluem a qualificação e formalização do trabalho, a capacitação em gestão integrada do negócio, a remodelagem de embalagens e criação de logotipos, o fomento ao trabalho coletivo e o fortalecimento da autonomia e autoestima das participantes.

SERVIÇO

O trem parte da Estação Ferroviária de São Luís (MA) com destino a Parauapebas, no sudeste do Pará, às segundas, quintas-feiras e sábados. Às terças, sextas-feiras e aos domingos, realiza o percurso de volta. Só não há viagem na quarta-feira, quando é realizada a manutenção dos carros e locomotivas.

A Vale opera com reserva de duas passagens interestaduais gratuitas para idosos por viagem. Quando esgotadas as duas passagens, os demais idosos têm direito a 50% nos bilhetes para os assentos da classe econômica, nos trechos interestaduais. Para tanto, é preciso que se comprove ter 60 anos ou mais e renda igual ou inferior a dois salários mínimos, conforme o Estatuto do Idoso – Decreto Federal Nº 5.130 e com a Resolução Nº 654 da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), de julho de 2004.

Pela internet ou pelo Alô Ferrovias (0800-285-7000), o passageiro obtém os horários de chegada e partida do trem, bem como os preços das passagens, dicas de viagem, mapa da ferrovia, locais de compra de bilhetes, entre outras informações.

Francisca Primo destaca visita do ministro Patrus Ananias ao Maranhão

Por Marcelo Vieira Política
 





Em pronunciamento feito na sessão desta quinta-feira (27), a deputada Francisca Primo (PT) registrou a presença do ministro do Desenvolvimento Agrário, Patrus Ananias, ontem, no  II Congresso Estadual da Federação de Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar no Estado do Maranhão – FETRAMA, que teve como tema os “Dez Anos de Luta e Resistência, Construindo um Novo Sindicalismo”.

Também participaram do evento, deputado Zé Inácio (PT); o vice-governador Carlos Brandão; o secretário de Estado da Agricultura, Marcio Honaiser, além de toda equipe que acompanha o ministro, que veio ao Maranhão cumprir várias agendas, na capital e no interior do Estado.

Francisca Primo ressaltou que, na oportunidade, o ministro ouviu e recebeu das mãos da presidenta da Fetraf-Ma, Maria das Graças e e de Marcos Rochinski, Coordenador Nacional da Fetraf-Brasil, um documento com sugestões e reivindicações para a classe trabalhadora. Uma das maiores preocupações são os cortes anunciados pelo Governo Federal nas estruturas ministeriais e nas secretarias.

AGENDA

Hoje o ministro Patrus Ananias cumpre uma agenda em São Bento junto com o governador Flávio Dino. Eles vão participar da abertura da 1ª Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Território de Campos e Lagos, Agritec. Amanhã, 28, o ministro ainda tem mais duas agendas na capital. A primeira, é a visita ao acampamento Cabanagem em São Luís. A segunda visita será à Comunidade Quilombola Santa Rosa dos Pretos.

A deputada ressaltou que a visita ao Maranhão faz parte do plano de trabalho do ministro para que ele possa desenvolver um bom trabalho à frente do ministério, assim também como fez no Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome. “Para nós a visita do ministro só mostra o compromisso do Governo Federal com os trabalhadores e trabalhadoras do nosso Estado”, afirmou Francisca Primo.

Revista Maranhão Hoje destaca as ações do deputado Fábio Braga no Sul do Maranhão

Por Marcelo Vieira Política
 





A edição do mês de agosto da Revista Maranhão Hoje, que chegou às bancas esta semana, trouxe uma matéria com destaque na Editoria de Política, sobre as ações do presidente da Comissão de Assuntos Municipais e Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa, deputado Fábio Braga (PTdoB).

Na matéria, que ocupou a página inteira da privilegiada Editoria de Política, a Revista Maranhão Hoje destaca que o deputado Fábio Braga realizou mais uma maratona política fora da Assembleia Legislativa, visitando os municípios de Balsas, de Riachão e deTasso Fragoso, ambos localizados na Região Sul do Maranhão.

Intitulada “Fábio Braga Desbrava Sertão”, a matéria relata que em Balsas o deputado participou de reunião do PTdoB com expressivas lideranças locais, comandada pelo vereador Chico Bomba, que elogiou o deputado por sempre manter contato com a Região Sul, e atender os pleitos, formulados em benefício do povo.

Em Riachão, o deputado Fábio Braga inspecionou as obras de asfaltamento da MA que liga o município a Feira Nova, visitou o balneário turístico denominado Frutuoso e se reuniu com o prefeito Crisogono Vieira, com o vice Pedro Ubirajara, com o Presidente da Câmara Aruilton Paz com o ex-prefeito de Nova Colinas Negão, com secretários e vereadores.

A matéria da conceituada Revista destacou também que a maratona política de Fábio Braga foi encerada em Tasso Fragoso, onde o deputado visitou as travessias no Rio Paraíba, a estação de esgoto e o hospital municipal, acompanhado dos prefeitos Antônio Carlos e Crisogono, de vereadores e de secretários.

Finalizando, a Revista registrou que em Tasso Fragoso Fábio Braga participou da cavalgada que marcou o encerramento dos Festejos de Nossa Senhora do Carmo. Na ocasião, o deputado percorreu as ruas da cidade acompanhado da multidão. O final do evento ocorreu na praça central, com uma corrida prado de cavalos.

Secretaria da Juventude elege conselheiros e delegados durante Conferência

Por Marcelo Vieira Política
 





A Secretaria Municipal de Juventude de Lago do Junco foi a primeira da região do Médio Mearim a realizar a Conferência Municipal de Juventude deste ano – na última quarta-feira (26) –, durante a qual foram escolhidos os membros do Conselho Municipal da Juventude e também os jovens delegados que irão representar o município na Conferência Estadual da Juventude, em outubro, em São Luís.

A 1ª Conferência Municipal da Juventude foi realizada no Centro Comunitário da cidade e contou com a participação de representantes da Associação de Jovens Rurais (AJR), lideranças juvenis católicas e evangélicas, jovens do Projovem e outras representações, além da presença dos vereadores Fábio Arruda e Zeca da Odália; do presidente Câmara, Jair Alves; de secretários municipais e do prefeito de Lago do Junco, Osmar Fonseca.

“Aqui nasce o espaço da juventude de nossa cidade, responsável por discutir os problemas do nosso município e propor boas ideias. Contamos com a força dos jovens, representados aqui pelo secretário de Juventude, o Edinho (Edson Sousa), o qual atua voluntariamente a frente dessa secretaria recém-criada!”, afirmou o prefeito, Osmar Fonseca, durante abertura da Conferência.

Durante a Conferência houve apresentações artísticas e debates sobre propostas que atendam as expectativas do jovem da zona rural e urbana do município. De acordo com o secretário da Juventude, Edson Sousa, dentre as prioridades está a implantação de projetos educativos especialmente no que diz respeito a fortalecer a preparação dos jovens para o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). “Quando a juventude quer ela faz! Aqui ouvimos as demandas de cada grupo da juventude, sugestão de ações e atividades para o jovem. Caberá agora ao Conselho selecionar as propostas”, explicou Edson Sousa.

Para o professor Edson Cruz, do povoado Riachão, a iniciativa de uma conferência para a juventude abraçada pelo poder municipal é um grande avanço. “É um processo que permite um efeito de união das juventudes para pensar propostas concretas que beneficiam a todos. Quando os jovens tão diferentes superam seus conflitos, sabemos que muita coisa boa pode surgir”, disse.

Conselho Municipal da Juventude

Com a finalidade de elaborar, aprovar e propor políticas públicas que permitam a maior integração e participação do jovem de Lago do Junco no desenvolvimento do município, a Secretaria da Juventude elegeu 12 membros do Conselho Municipal da Juventude. “Considero positiva a Conferência, pois possibilita um contato maior especialmente com as lideranças jovens do município que de outra forma talvez não se reunissem como agora. É bom saber que a juventude juncoense tem vez e tem voz!”, afirmou o conselheiro Renan Arruda.

Os conselheiros exercem atividade voluntária e tem como missão representar os anseios dos jovens do meio urbano e rural de Lago do Junco. “Aqui vemos a grande abrangência que os temas da juventude têm, bem como a importância da participação dos estudantes, das lideranças jovens das igrejas e tantos outros. Vamos unir a juventude para trabalhos sociais!”, afirmou o conselheiro Moab Teixeira Lima.

Associação de Jovens Rurais

Durante a 1ª Conferência Municipal da Juventude, o presidente da Associação de Jovens Rurais (AJR), Jessé Lima, destacou a importância do protagonismo do jovem e elogiou a abertura do poder municipal para mais ações em prol da juventude. “Aqui observamos que não existe apenas uma juventude, mas juventudes! Elas estão bem representadas nesta conferência e agora cabe provocar mudanças, sempre com maturidade”, disse.

A AJR constituiu seu CNPJ desde 2007 e tem por principal finalidade evitar o êxodo rural, garantindo melhores condições de vida e trabalho para os jovens dos povoados de Lago do Junco. Com essa finalidade ela mantém uma fábrica de artesanato no povoado Ludovico e busca financiamento para construir uma fábrica de papel reciclado no povoado São Manoel.