Cleber Verde pode peder Superintendência da Pesca no Maranhão para o PT

 

O deputado federal Cleber  Verde(PRB) deve sofrer uma importante baixa em sua estrutura política. O seu irmão, conhecido como Júnior Verde,  pode deixar a qualquer momento a Superintendência do  Ministério da Pesca e Aquicultura no Maranhão. César do PT é o mais cotado para assumir a vaga de Júnior Verde. 

Foi justamente a Pesca que alavancou a votação de Cleber Verde e garantiu sua reelição. A saída de seu irmão revela que Verde não goza mais do mesma força e prestígio com o seguimento.

Caso se confirme a perda do cargo, Cleber Verde terá grandes dificuldades para conseguir um terceiro mandato, a não ser que encontre outros rios no Maranhão para pescar uma boa votação em 2014.

PF faz operação em São Luís, Paço do Lumiar, Ribamar e Icatu

Do blog  do Décio

A Polícia Federal, o Ministério Público Federal e o Ministério da Previdênia Social deflagraram na manhã desta quinta-feira a “Operção Duas Caras”, de combate a crimes contra a Previdência Social nos municípios de São Luís, Icatu, Paço do Lumiar e São José de Ribamar.

A Força-Tarefa Previdenciária está cumprindo 14 mandados de prisão temporária e 18 de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Criminal da Seção Judiciária Federal do Maranhão, requeridos pela Polícia Federal, com parecer favorável da Procuradoria da República, nesses municípios.

Estão envolvidos na operação 93 policiais federais e 15 técnicos deslocados pelo Ministério da Previdência Social de Brasília.

O nome da operação foi escolhido em alusão ao grande número de documentos falsos utilizados pelos quadrilheiros, com modificação de dados pessoais dos beneficiários, especialmente a profissão e endereço, para a obtenção de benefícios fraudulentos junto ao INSS.

AL discute implantação da Lei da Micro e Pequena Empresa

Marcelo Vieira / Agência Assembleia

A Assembleia Legislativa, em parceira com o Sebrae, realizou na tarde desta quarta-feira (28), no Plenarinho, um seminário para discutir a implantação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa no Estado do Maranhão. o encontro foi presidido pelo deputado Edson Araújo, presidente da Comissão de Assuntos Econômicos da Casa.

 Aprovada em 2006, com o objetivo de regulamentar os estímulos e incentivos para o micro e pequeno empreendedor, a lei federal ainda não é uma realidade no país. No Maranhão, dos 217 municípios, apenas 97 aderiram à Lei.

 Autor da proposição, o presidente da Casa, deputado Arnaldo Melo (PMDB) disse que a Assembleia dará sua contribuição e pedirá celeridade na aprovação do projeto que será encaminhado pelo Executivo após ser elaborada e aprovada por 23 entidades do setor.

 Segundo Melo, “o projeto merece atenção devido sua importância para o desenvolvimento do Estado dos municípios e principalmente do micro e pequeno empreendedor, que é o principal beneficiado”.

 O consultor nacional do Sebrae e prefeito do município de Cabacinhas (PB), Arnaldo Junior, ministrou uma palestra sobre o tema.

 Os principais pontos abordados pelo palestrante foram: a desburocratização da relação do empresário junto aos órgãos públicos; estimular o empreendedorismo e simplificar a tributação. Facilitar o acesso ao crédito, pagamento de impostos, exportação, vendas para o Governo e formalização.

 “Este é um momento de despertar, onde a Lei Geral da Micro e Pequena Empresa é um instrumento legal que tornará mais simples a vida dos empreendedores maranhenses. A Lei irá torná-los mais competitivos o que será fundamental para a sustentabilidade”, disse Arnaldo Júnior.  

 DADOS

 Segundo dados do Ministério do Trabalho, durante a crise de 2009, as micro e pequenas empresas criaram cerca de 450 mil novos emprego, enquanto as grandes empresas eliminaram 150 mil empregos.

 Em 2011, entre janeiro e julho, de cada 100 empregos gerados 87 foram para as micro e pequenas empresas e 90 % dos CNPJ vem dos pequenos empreendedores.

 As grandes economias, como Estados Unidos e Alemanha tem como sustentação as micro e pequenas empresas.

 O evento contou com a participação do secretário de Agricultura, Claudio Azevedo; do diretor administrativo financeiro do Sebrae, Raimundo Nonato Correia; do presidente da comissão de assuntos econômicos da Casa, deputado Edson Araújo (PSL) e dos deputados César Pires (DEM), Carlinhos Florêncio (PHS) e Jota Pinto (PR).

MP pede condenação do prefeito de Santa Luzia por uso de publicidade para promoção pessoal

Uma Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa foi ajuizada no dia 24 de agosto pelo promotor de Justiça Joaquim Ribeiro Júnior contra o prefeito de Santa Luzia, Márcio Rodrigues, por ter se utilizado de publicidade oficial em jornal de circulação em todo o Maranhão com nítida intenção de promoção pessoal.

 O material foi publicado no dia 8 de abril de 2011, contendo inúmeros elogios à administração do prefeito, de acordo com a ação. “A publicidade citada foi veiculada não para divulgar os serviços prestados pela administração, mas sim para evidenciar a ação do agente público, daí a existência de imagens e declarações com toda a sorte de referências elogiosas”, analisa o promotor, que é titular da 1ª Promotoria de Santa Luzia.

 Joaquim Júnior, na Ação Civil, assegura que o texto publicitário viola vários princípios da administração pública, como a legalidade e a impessoalidade. “O nome em destaque do administrador e sua imagem vinculados a obra, programa, serviço e campanha inverte a natureza pública do evento, deslocando-a para área privada”, acrescenta.

 Caso a Justiça acolha o pedido do representante do Ministério Público, o prefeito de Santa Luzia será condenado e sofrerá as seguintes penalidades: o ressarcimento do dano causado aos cofres municipais, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos pelo prazo de três a cinco anos, proibição de fazer contratos ou receber benefícios do poder público pelo prazo de três anos e pagamento de multa de até 100 vezes a sua remuneração.

José Luís Diniz (CCOM-MPMA)

Magno Bacelar é novamente ridicularizado pela Folha

Da Folha.com

O deputado estadual Magno Bacelar (PV-MA), vice-líder do governo da Roseana Sarney (PMDB) na Assembleia Legislativa do Maranhão, afirmou, em discurso, que “muitos dos metaleiros” que foram ao Rock in Rio e xingaram o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), durante o show da banda Capital Inicial, são “drogados e maconhados (sic)”.

Segundo ele, o público representa uma “pequena minoria da população”.

Deputado defende Sarney e diz que ele não é ‘pessoa qualquer’
Capital Inicial empolga público com clichês do rock no Rock in Rio

Bacelar é o mesmo parlamentar que havia dito que Sarney “não é uma pessoa qualquer” no episódio revelado pela Folha em que o senador foi flagrado utilizando um helicóptero da polícia do Maranhão em viagens particulares em fins de semana.

Naquela ocasião ele questionou: “Queria que o presidente [Sarney] fosse andar de jumento? Enfrentar um engarrafamento [?]”.

No novo discurso em plenário, ele afirmou que vai propor uma moção de repúdio contra a banda por ter dedicado a música “Que País é Esse”. Enquanto a canção era executada, era possível ouvir o público gritando: “Ei, Sarney, vai tomar no c…”.

Segundo ele, os xingamentos aconteceram em ambiente “onde tem criança, tem jovem, tem tudo”.

“Muitos dos metaleiros vão ali drogados, maconhados (sic), e, de certa forma, uma pequena minoria da população, 100 mil habitantes, para se utilizar da boa vontade das pessoas ali presentes”, disse.

Após a manifestação em plenário, o deputado afirmou à agência de notícias oficial da Assembleia Legislativa do Maranhão que a moção de repúdio também será destinada diretamente ao cantor da banda, Dinho Ouro Preto.

“Este cidadão, alterado sabe-se lá por quais motivos, disparou vários palavrões não apenas contra o presidente Sarney, mas também contra o público. Foi uma total falta de respeito, de educação. Diante deste fato, irei, sim, apresentar uma moção de repúdio contra este cantor”, afirmou Bacelar.

Clodomir Paz vai coibir estacionamentos irregulares…

Do blog do Marco D’Eça

O secretário e Trânsito e Transportes, Clodomir Paz, vai iniciar uma ofensiva aos motoristas que insistem em estacionar de forma irregular, sobretudo nos setores de lazer de São Luís.

– Nosso papel é orientar o motorista para usar as vagas disponíveis. Ao estacionar irregularmente, ele atrapalha a todos os demais motoristas – pondera o secretário.

O trabalho da SMTT visa coibir – inclusive com multas – as paradas em fila dupla, nas terceiras faixas de avenidas e em áreas com flagrante sinais de proibido.

Segundo o secretário, há casos, em avenidas com três pistas, que o motorista entende ser a terceira para estacionamento e pára sem cerimônias, impedindo o fluxo em toda a área.

A fiscalização deve ser iniciada já a partir deste final de semana…

Funcionário da Secretaria de Educação de Arari é preso acusado de Pedofilia

A Polícia Civil do Estado do Maranhão prendeu nesta terça-feira, no povoado de Sumaúma“ Japão” no município de Arari, o funcionário da Secretaria de Educação do município, José Renato Araujo, acusado de pedofilia.

No dia 17 deste mês, José Renato foi acusado de ter abusado de uma criança de 13 anos. No dia seguinte a vítima contou ao pai o que tinha acontecido. O crime causou a revolta da família e da população que tentou linchá-lo.

Segundo relatos, ele dormia com os menores na mesam cama e  os obrigava a deixar que  fizesse sexo oral.   além de pedofilia, José Renato também cometia violência doméstica contra a mulher.  

A partir daí, começaram a surgir mais relatos de que ele já teria abusado de outras crianças. Com base nos depoimentos das testemunhas, José Renato teve ontem a prisão decretada.

 O acusado estava foragido, mas após levantamento realizado pelo serviço de inteligência da policia civil do município de Arari, o acusado foi localizado e preso.

Aluísio Mendes tem razão em reclamar

Descontente com a falta de recursos para desenvolver um trabalho satisfatório à frente da Secretaria de Segurança Pública do Estado, o secretário Aluísio Mendes  colocou  o cargo à disposição da governadora Roseana Sarney, que por sua vez não  teria aceitado o pedido de demissão.

O motivo para a atitude de Mendes seria um corte de 30 milhões de reais e o que já era insuficiente ficou impraticável.

O secretário passou praticamente todo o ano de 2011 reclamando da falta de recursos e durante um encontro na Assembleia Legislativa com a Comissão de Segurança da Casa, chegou a declarar que a Secretaria estava sem dinheiro e que todo recurso que deveria durar até o fim do ano já havia sido gasto. Sem contar a escassez de pessoal e afalta de condições para realização de concurso público.

Apesar de ter razão na chiadeira, o governo passa por um momento delicado e é nessa hora que o grupo Sarney mais vai precisar de seus homens de confiança. E Aluísio Mendes é um deles.

O blog acredita que o secretário permaneça no cargo. Mas, como nada disso é oficial, vamos aguardar os acontecimentos!!!

Macaco jornalista. É sério

Por Gilberto Dimenstein, colunista da Folha

Comentei aqui sobre como as novas tecnologias levaram o “The New York Times” a transformar sua redação em uma espécie de universidade de conhecimentos gerais. Mais estranho, tecnologicamente, é um computador escrevendo notícias no lugar do jornalista.

É o que estão se propondo cientistas da Universidade Northwestern, nos Estados Unidos. Eles criaram um programa batizado de Monkey (Macaco). O programa é desenvolvido para trabalhar com estatísticas. A partir delas, o Macaco produz a notícia com o máximo de objetividade possível, captando e analisando os dados disponíveis na internet.

Por enquanto, ele só redige notícias sobre beisebol. Mas já está sendo treinado para escrever sobre negócios. Aterrador?

O fato revelador desse programa é o seguinte: gostemos ou não, tudo o que for repetitivo, sem o toque da criatividade humana, a máquina tende a tomar o lugar.

Daí que um dos principais papéis da educação não é educar para fazer testes, mas para ser criativo.

Deputado diz que DEM deve eleger seis vereadores em Imperatriz

Assecom/Gab. do dep. Antonio Pereira

Os democratas vão concorrer nas eleições de 2012, com 40 fortes e expressivos candidatos a vereador no município de Imperatriz. A meta é eleger, no mínimo, seis dos 21 vereadores com assento na Câmara Municipal da mais importante cidade da região Tocantina.

 Foi o que declarou o comandante dos democratas de Imperatriz e da região Tocantina, deputado Antonio Pereira (DEM), ao reunir, no último sábado (24), durante jantar em sua residência, a Comissão Provisória dos Democratas do município de Imperatriz.

 Na reunião, Antonio Pereira abonou a ficha de filiação dos pré-candidatos a vereador, João Macêdo (ex-deputado), Irmão Arimatéia (ex-vereador), Simplício Moreira (filho do ex-prefeito Renato Moreira), Lamartine Milhomem (ex-candidato a deputado), Antonio Pimentel, (ex-vereador de cinco mandatos) e João Kleber (diretor do Detran de Imperatriz).

 Também estavam presentes na reunião a candidata dos democratas a prefeita de Imperatriz, a ex-secretária de saúde Rosângela Curado, o presidente da Comissão Provisória dos Democratas de Imperatriz, ex-vereador Nival Coêlho, e outras figuras políticas importantes de Imperatriz e da região Tocantina.