Pleito terá 8 milhões de eleitores a mais que 2008, diz TSE

Da Folha.com

As eleições municipais deste ano terão quase oito milhões de eleitores a mais do que no último pleito municipal, em 2008.

Segundo dados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), 138,5 milhões de eleitores estão aptos a votar em outubro. Há quatro anos eram 130,6 milhões.

Esse montante não é o total de eleitores do país, que chega a 140,6 milhões.

Nesse universo estão também incluídos os 1,8 milhão de eleitores do Distrito Federal, os 252,3 mil brasileiros cadastrados no exterior e os 1,8 mil eleitores de Fernando de Noronha (PE). Esses eleitores votam apenas nos pleitos nacionais e estaduais.

São Paulo é o Estado tem o maior número de eleitores, 31,2 milhões. Em seguida vem Minas Gerais, com 15 milhões; Rio de Janeiro, com 11,8 milhões; Bahia, com 10,1 milhões; e Rio Grande do Sul, com 8,3 milhões.

Os Estados com os menores números de eleitores são Roraima, com 292,3 mil; Amapá, com 448 mil; e Acre, com 498 mil.

As mulheres são a maioria entre os eleitores, com participação de quase 52% (72,8 milhões). Os homens representam 48% do total, com 67.382.594. Outros 134 mil (0,09%) não informaram o sexo.

Jura Filho rejeita Bacabal e comemora aniversário em hotel de Luxo em São Luís

Em plena campanha eleitoral e com a mãe candidata a vice –prefeita em Bacabal, o secretário de Turismo,  Jura Filho simplesmente rejeitou sua cidade, Bacabal, e resolveu comemorar seu aniversário em São Luís, no luxuoso Hotel Luzeiros, onde uma diária pode custar mais de três mil reais.

Segundo fonte do blog, a festa custou uma fortuna e reuniu a família, amigos, políticos e empresários de vários setores.

Rumores dão conta de que a decisão de Jura em comemorar seu aniversário com uma festa de arromba logo em São Luís foi condenada por amigos próximos. Eles teriam orientado o secretário a festejar seu aniversário em Bacabal, mas foram ignorados.

O secretário de Projetos Especiais e senador licenciado João Alberto seria um dos que não concordaram com Jura. O senador não foi visto no aniversário do apadrinhado.

Eliziane Gama compromisso a trabalhar pelo direito à moradia em São Luís

“A candidata foi recebida pela coordenação da União por Moradia Popular do Maranhão na tarde desta segunda-feira” 

Na tarde desta segunda-feira (30) a candidata à Prefeitura de São Luís, Eliziane Gama (PPS-23), foi recebida pela coordenação da União por Moradia Popular do Maranhão (UMP-MA). Na oportunidade a candidata reafirmou o compromisso com o direito a moradia na cidade de São Luís. O objetivo da reunião foi expor suas propostas de Governo e ouvir a liderança da UMP-MA sobre as necessidades relacionadas à Regularização da Terra e da Moradia em São Luís.

“Sempre conversei com os movimentos sociais, pois acredito que esta é a melhor maneira de se fazer um bom Governo. E se sempre fiz isto enquanto parlamentar continuarei a fazer quando prefeita, pois só assim construiremos uma grande São Luís!”, reforçou Eliziane Gama (23) às lideranças presentes.

Durante a conversa, os coordenadores da UMP-MA falaram sobre as dificuldades enfrentadas pela população, no que diz respeito à habitação popular e a luta que muitos precisam travar para regularizar suas terras. Segundo o assessor jurídico da União por Moradia Popular do Maranhão, Eduardo Corrêa, ainda é difícil para o trabalhador simples ter o título do lugar onde mora e é preciso que os gestores municipais voltem seu olhar para esta realidade.

A coordenadora da UMP-MA, Creuzamar de Pinho, falou sobre a importância de se estabelecer este tipo de diálogo com os movimentos sociais. “Nós analisamos os candidatos que estão concorrendo à Prefeitura de São Luís, e Eliziane Gama foi a primeira candidata que nos procurou. Isso demonstra o interesse em buscar a parceria com os atores que constroem a cidade”, observou Creuzamar, reforçando a receptividade à Campanha de Eliziane Gama (23).

Luís Carlos Reis, um dos coordenadores do grupo, falou que é importante que este diálogo seja mantido com o candidato que for eleito. “Nós estabelecemos um diálogo com o candidato, mas após eleito esta conversa é interrompida. Os direitos são discutidos conosco, mas não continuados. Esperamos que o próximo prefeito de São Luís faça algo pelo problema de habitação popular no município, pois não se pode esperar mais”, reforçou.

Eliziane Gama (PPS-23) recebeu demonstrações de apoio à sua candidatura e concluiu a reunião afirmando “Nós temos possibilidades reais de fazer São Luís crescer com qualidade!”, disse a candidata.

Sobre a União por Moradia Popular do Maranhão

A UMP-MA é uma das 19 organizações filiadas da União Nacional por Moradia Popular, criada em 1989, com forte atuação das Comunidades Eclesiais de Base, que tem por objetivo articular movimentos populares de moradia. No Maranhão, são resultado da atuação do movimento a ocupação Zumbi dos Palmares, Vila Zeni, Residencial Vitória, Residencial João do Vale, Residencial Ana Jansen e Residencial Canudos, que somados beneficiaram mais de 1.500 famílias.

 

Te cuida, Atemir! Justiça defere candidatura de Fufuca

Fufuca Dantas de camisa azul

A justiça eleitoral deferiu ontem a candidatura de Fufuca Dantas (PMDB) a prefeito de Alto Alegre do Pndaré. A decisão está no sistema de divulgação de candidaturas (Divulgacand) e põe fim ao impasse e aos boatos espalhados pelo prefeito Atemir Botelho de que Fufuca não seria candidato.

Fufuca teve sua candidatura impugnada pela turma do prefeito e pelo Ministério Público Eleitoral sob a alegação de contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Pelo entendimento do Tribunal Superior Eleitoral, quem aprova ou reprova as contas do prefeito é a Câmara de Vereadores. O TCE apenas emite o parecer técnico, portanto, sua decisão não implica em inelegibilidade.

Vale lembrar que o Maranhão era o único estado da federação onde o parecer do TCE poderia impedir a candidatura de um político. Prevaleceu o entendimento do TSE, o que desagradou o presidente do TCE-MA, Raimundo Cutrim.

Com o deferimento da candidatura de Fufuca, o prefeito Atemir Botelho não tem mais o que inventar no município. Esse era o único empecilho para a campanha do candidato do PMDB deslanchar de uma vez. No último final de semana cerca de 5 mil pessoas participaram da inauguração do comitê central  “Volta Fufuca” que encerrou a noite com uma mega caminhada pelas ruas de Ato Alegre.

“Essa senhora deveria se apresentar a autoridade policial…”, diz Luiz Belchior

Juiz Luiz de França Belchior Silva à direita

Os membros do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão mantiveram nesta segunda-feira (30) a candidatura de Leontina Carvalho de Barros ao cargo de vereadora em Benedito Leite pela coligação “Povo Unido Para Vencer” indeferida.

Leontina recorreu do indeferimento de sua candidatura, sustentando que a causa de sua inelegibilidade não transitou em julgado, não podendo assim gerar obstáculos à sua pretensão.

Analisando o caso, o relator do recurso, juiz Luiz de França Belchior Silva, demonstrou que a recorrente foi condenada pela prática de destruição de urnas e de dano qualificado ao patrimônio público, conforme sentença proferida pelo juízo da 17ª zona eleitoral, confirmada pelo colegiado do Regional maranhense em sessão plenária do dia 10 de julho de 2012.

‘É perfeitamente aplicável a inelegibilidade proposta pelo Ministério Público neste caso, embora ainda não tenha transitado em julgado. Não há como deferir esta candidatura, sob pena de afronta aos preceitos legais vigentes”, justificou o relator em seu voto.

Ainda durante o julgamento, antes do voto do desembargador José Bernardo, Belchior disparou, ” essa senhora deveria se apresentar a autoridade policial e cumprir sua pena”.

Este foi o primeiro julgamento de recurso eleitoral feito pelo TRE-MA referente às Eleições 2012. Até o dia 5 de agosto, os juízes eleitorais têm que deferir ou indeferir as candidaturas nos municípios. Aqueles que subirem para o Regional têm até o dia 23 de agosto para serem julgados pelo TRE e pelo TSE.

Com informações do TRE-MA

Sem voto e sem controle sobre o próprio partido, Weverton Rocha ainda vende ilusão para Holandinha

O presidente da Comissão Provisória Municipal do PDT, deputado Weverton Rocha, informou ontem, que a militância do partido estará nas ruas a partir desta semana numa grande mobilização em torno do candidato da coligação “Muda São Luís”, Edivaldo Holanda Júnior. É claro que a declaração de Weverton não passa de conversa fiada. se ele tivesse mesmo o controle da militância não reforçar isso nessa altura da campanha, o que fica claro que ele está se justificando para os Holanda.

Na verdade, Weverton Rocha não tem militância para colocar na campanha de Holandinha. É do conhecimento de todos que a maior parte da militância e dos votos do PDT estão sob o controle do secretário Clodomir Paz, do ex-secretário Júlio França -que chegou a deixar o cargo para se dedicar á campanha de João Castelo- e do vereador Ivaldo Rodrigues,esse último já até fez caminhada ao lado de Pinto Itamaraty, coordenador geral da campanha tucana. Sem contar com o ex-prefeito Tadeu Palácio que ainda tem um pedacinho bem pequeno do PDT.  A outra parte da militância está nas mãos dos históricos aliados de Igor e Clay Lago, que não apóiam nem castelo e muito menos Holandinha.

Numa negociação com os Holanda, Weverton vendeu o partido em troca de uma coligação proporcional, o que garantiu a eleição dos vereadores pedetistas mas que levou o PTC ao sacrifício.  Agora, Weverton está sendo pressionado para entregar o que vendeu, sem ter o que fazer, resta agora mais uma mentira.

Ele mente quando diz que não existe insatisfeitos no partido e mente ainda mais quando afirma que vai levar a militância do PDT ás ruas com Holandinha.  Mestre em armações, Weverton deve pagar algumas dezenas de pessoas para balançar bandeiras e vender como se fosse a militância pedetista.

 

Em plena noite, Fufuca arrasta mais de 5 mil pessoas pelas ruas de Alto Alegre

Mais de 5 mil pessoas participaram no último final de semana, da inauguração do comitê central de campanha de Fufuca Dantas (PMDB), candidato a prefeito de Alto Alegre do Pindaré.  O deputado André Fufuca, filho de Fufuca Dantas, disse que o evento superou as expectativas e que o povo deu uma resposta ao prefeito Atemir Botelho, que tenta de todas as formas prejudicar a campanha de seu pai.

“ O povo de Alto Alegre deu uma resposta ao prefeito Atemir Botelho que vem espalhando mentiras de que Fufuca não pode ser candidato. Mas isso não vai atrapalhar nossa campanha. Ao contrário, só nos fortalece e mostra o desespero do prefeito que nunca fez nada pelo população.  Fufuca é candidato e com o apoio do povo de Alto Alegre. A prova está aí.”

Após a inauguração oficial do comitê central, Fufuca fez arrastou a multidão em caminhada pelas ruas de Alto Alegre. Durante a caminhada o grito era de “Volta Fufuca”, slogan da campanha.

 

Mulher de Cachoeira é suspeita de tentar subornar juiz em GO, diz PF

Andressa Mendonça sai do prédio da Justiça Federal de Goiânia, no intervalo para o almoço de audiência do processo da Operação Monte Carlo (Foto: Ed Ferreira/Agência Estado/arquivo
Andressa Mendonça sai do prédio da Justiça Federal de Goiânia, no intervalo para o almoço de audiência do processo da Operação Monte Carlo (Foto: Ed Ferreira/Agência Estado/arquivo

A mulher do contraventor Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, Andressa Mendonça, é suspeita de tentar subornar um juiz federal para tentar beneficiar o bicheiro, segundo informações da Polícia Federal.

Segundo a assessoria de imprensa da PF, Andressa está na sede da superintendência desde as 9h15 para prestar esclarecimentos, em cumprimento a um mandado de condução coercitiva expedido pela Justiça Federal em Goiânia

De acordo com nota divulgada nesta segunda-feira (30) pela PF, o mandado é resultado de investigação que apura se ela teria oferecido vantagem indevida ao juiz Alderico Rocha Santos, da Justiça Federal de Goiás, com o objetivo de obter decisão favorável a Cachoeira na ação penal referente à Operação Monte Carlo, deflagrada no final de fevereiro deste ano.

A suposta conduta de Andressa está prevista no artigo nº 333 do Código Penal, que trata de corrupção ativa, diz a nota. A PF não deu detalhes sobre o suposto suborno e as investigações.

G1 tentou contato com Andressa no celular na manhã desta segunda, mas ela não atendeu aos telefonemas até a publicação desta reportagem. Seus advogados também não atenderam aos telefonemas.

O juiz Alderico Rocha Santos, da 11ª Vara da Justiça Federal de Goiânia, foi quem conduziu a audiência, na semana passada, do processo referente à Operação Monte Carlo, que culminou na prisão do bicheiro no fim de fevereiro. O contraventor e mais sete são réus na ação penal. Todos ficaram em silêncio na audiência.

Ainda de acordo com a nota da PF, foi cumprido um mandado de busca e apreensão na casa da mulher de Cachoeira nesta manhã. Foram apreendidos 2 computadores, 2 tablets e documentos no condomínio de luxo de Goiânia.

A Monte Carlo é a operação da policia federal que prendeu Cachoeira sob acusação de exploração do jogo ilegal em Goiás. Após a operação, o Ministério Público Federal de Goiás denunciou 81 pessoas.

G1.com

Candidatura de Helena Duailibe recebe apoio de juventude católica

A candidata à vereadora de São Luís, Helena Duailibe, esteve reunida neste final de semana com jovens e recebeu o apoio da Juventude Católica de diversas Igrejas. Acompanhada do marido e candidato a vice-prefeito Afonso Manoel, participaram de um Encontro de Jovens. Na oportunidade ouviram as principais reinvindicações dos jovens  e firmaram compromissos de melhorias urbanas para os próximos quatro anos.

Em conversa com os jovens, Helena afirmou, “precisamos investir na saúde pública, modernizar nossos hospitais, ter transparência pública e realizar concursos, elementos fundamentais para a diminuição das filas e superlotação em hospitais públicos”. A candidata ainda enfatizou que para isso acontecer é necessário um grande investimento na educação, afinal “vocês (jovens) é que vão se tornar os futuros médicos, enfermeiros, dentistas etc”, finalizou.

Helena tem respaldo para falar sobre saúde pública, pois já ocupou vários cargos na administração de Centros de Saúde e Hospitais, além de ter sido Secretária municipal e estadual de Saúde. Durante suas gestões foi responsável por implantar o serviço de oncologia (tratamento de câncer) no Hospital Geral, o Socorrão I foi eleito o melhor hospital do Maranhão, equilibrar as contas da saúde do estado, além de muitas outras realizações.

A candidata é considerada uma das favoritas na disputa por uma vaga na Câmara Municipal. Apesar do favoritismo, Helena Duailibe não entra no clima do já ganhou e aumenta o ritmo de sua campanha, visitando vários bairros da capital e realizando diversas reuniões com líderes comunitários.

Castelo arrasta cerca de 2 mil pessoas em caminhada no Coroadinho

Na reunião com candidatos a vereador e militância o prefeito João Castelo (PSDB), candidato à reeleição, disse que após concluir criterioso planejamento, sua campanha ganha as ruas com a força da militância e tendo como principal bandeira as realizações de sua gestão.

No fim de semana cerca de 2 mil  pessoas acompanharam Castelo numa caminhada nas ruas do bairro Coroadinho, organizada pela coordenação de sua campanha e pelo vereador Nato (PRP), candidato à reeleição. Foram percorridos dois quilômetros entre a Avenida dos Africanos e a Vila São Sebastião com manifestantes entoando a música do candidato e palavras de ordem sob os aplausos de moradores. Por mais de três horas, Castelo permaneceu na área, onde durante sua administração foram pavimentadas e asfaltadas 47 ruas e construídas obras de infraestrutura e saneamento básico como o Canal do Coroado e Canal do Rio das Bicas.

O Coroadinho foi palco de uma tarde festiva com a presença do prefeito João Castelo que recebeu empolgadas manifestações de apoio ao longo da caminhada pela Avenida Amália Saldanha. Faixas e cartazes com frases de agradecimento  e apoio foram levantadas por populares por onde Castelo passava e ele retribuía com acenos, pedindo aos moradores que tomassem conta de sua candidatura no bairro, porque ele e sua militância iriam tomar as ruas até o dia da vitória.

Sempre que abordado pela população, Castelo reafirmava seu compromisso de continuar o trabalho na região da Bacia do Bacanga, onde em parceria com o Governo Federal construiu os canais do Coroado e Rio das Bicas.Foram investidos perto R$ 4,8 milhões e beneficiou mais de 15 mil famílias.

O candidato a vice-prefeito, deputado Neto Evangelista, ressaltou a importância da juventude na política. “A juventude tem papel fundamental na atividade política e, com certeza, defenderá a continuidade de uma administração comprovadamente preocupada com as condições de vida, sobretudo, das populações mais pobres”. Disse ainda que a coligação “Pra Fazer Muito Mais” (PSDB/PRP/PMN) apresenta o candidato mais experiente e de comprovada determinação política. “Um trabalhador incansável,um gestor experiente que tem feito muito por São Luis e pelo Maranhão”, comentou.

O vereador Nato exaltou a compreensão do povo da área em que atua politicamente, destacando a paciência com que esperou anos “para ver realizados alguns dos seus sonhos, principalmente aqueles referentes às melhores condições de moradia”, disse, acrescentando que os investimentos pelos feitos pela Prefeitura na Bacia do Bacanga são fundamentais para a melhora da qualidade de vida de milhares de famílias.