Fábio Braga ressalta a importância da criação da UEMA da Região Tocantina

Screenshot-2016-10-31-at-14.27.54

O presidente da Comissão de Educação, Cultura, Desportos, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa, deputado Fábio Braga (SD), ocupou a tribuna, na última quinta-feira (27), para falar da importância da criação da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL), uma iniciativa do governador Flávio Dino (PCdoB), aprovada por ampla maioria do poder Legislativo na quarta-feira da semana passada.

O parlamentar destacou que a Assembleia aprovou o Projeto de Lei que cria a UEMASUL, depois de relevantes debates sobre a importância e a necessidade de se regionalizar a UEMA, e ressaltou o clamor da população da região Sul Maranhense que terá, a partir de agora, uma instituição de ensino com autonomia e com estrutura acadêmica.

Para Fábio Braga, questões sobre a criação da UEMASUL foram levantadas, pois alguns colegas queriam saber se houve discussão no meio acadêmico sobre a nova universidade.“Uma dúvida que tem que ser esclarecida é que Imperatriz merece e tem como acolher mais uma instituição de ensino”, disse.

Grande Imperatriz

Em sua fala, Fábio Braga informou que Imperatriz é a capital da Região Metropolitana Sudoeste Maranhense, criada por força da Lei Complementar 89/2005, que engloba os prósperos municípios de João Lisboa, Senador La Roque, Buritirana, Davinópolis, Governador Edison Lobão, Montes Altos e Ribamar Fiquene.

Fábio Braga informou ainda que a região tem uma população de mais de 430 mil habitantes e uma renda per capita de pouco mais de R$ 19 mil, tornando-se o segundo PIB do Maranhão e um dos maiores do País. “Além dos Campi da UFMA e do CEUMA, Imperatriz conta com outras universidades particulares”, comentou.

“Além de ser o maior entroncamento econômico e comercial do Estado do Maranhão, a cidade de Imperatriz está bem localizada. As regiões Sul Maranhense, Sul do Pará e Norte do Tocantins podem transformar Imperatriz em dois grandes polos do Estado do Maranhão: um comercial e outro educacional”, prevê Fábio Braga.

Polo Educacional

Na avaliação do parlamentar, a partir do momento em que a UEMA e as demais instituições implantarem suas instalações em Imperatriz, a cidade transformar-se-á em um polo educacional, atraindo jovens do Maranhão, do Tocantins, do Piauí e do Pará com o objetivo de fazerem cursos de graduação e pós-graduação.

Na ocasião, Fábio Braga parabenizou a população de Imperatriz e pediu para que todos fiquem vigilantes para a qualidade do ensino ministrado pela UEMASUL. “Vai depender da população a avaliação das universidades da cidade de Imperatriz nos rankings das melhores do Brasil”, alertou.

Concluindo, Fábio Braga ressaltou que vai depender da comunidade acadêmica a transformação da Região Sul do Maranhão em um verdadeiro celeiro, produtor de grandes mentes, como também de intelectuais, o que certamente trará mais desenvolvimento para a próspera região.

Reduto eleitoral de Astro de Ogum, 10ª zona deu maior votação a Edivaldo Júnior

Edivaldo-e-Astro-demonstram-satisfação-com-a-entrega-da-obra.-640x336

Blog do Filipe Mota

O reduto eleitoral do vereador Astro de Ogum (PR), deu a maior votação proporcional ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), com 36.988 votos – 56,89% dos votos válidos. 68.188 eleitores da Zona 10 foram às urnas nos bairros da Vila Palmeira, Radional, Vila Lobão, Santa Cruz, Anil, Aurora, Ipase, Maranhão Novo, Bequimão, Angelim, Cohab Anil III, João de Deus, Vila Isabel Cafeteira e Santo Antônio.

Nem mesmo grandes e importantes colégios eleitorais como os do Pólo Cidade Operária / Cidade Olímpica e Área Itaqui-Bacanga, conseguiram superar, nestas áreas o prefeito recebeu 30.662 (47,45%) e 31.500 votos (55,19%), respectivamente.

Pesou a favor de Edivaldo, a forte influência do vereador nestas comunidades, foram muito serviços de infraestrutura, reformas de praças e mercados  que chegaram até estas comunidades por meio da aliança de Astro com o prefeito de São Luís.

Comunidades que nunca havia recebido um palmo de asfalto foram agraciadas com obras do programa “mais asfalto”, que levou dignidade e uma garantia de melhoria na saúde das pessoas, talvez por isso, o resultado apareceu nas urnas, provando que quando a classe política se une em benefício da comunidade, os resultados aparecem.

Vila Palmeira, Barreto, Santa Cruz, Radional, Divinéia

Lideranças ligadas ao vereador Astro, que moram nestas comunidades se empenharam e muito durante estes quase 30 dias de segundo turno, fizeram grande diferença. Líderes como Jorginho, Aline, Foca, Quincas, Obama, Lídia, Patrícia da Paty modas, Chico Capijuba, Wellington e Gilson Vieira.

Registrar também em especial o  forte empenho do jovem líder André Street que surpreendeu no ritmo de campanha, indo de porta em porta levando as bandeiras e adesivos do prefeito e a companheira Josy da Divinéia. O resultado, as urnas falaram.

Veja a votação dos candidatos por Zonas Eleitorais:

1ª Zona Eleitoral

Bairros: Centro, Lira, Canto da Fabril e Lira

Eduardo – 32.332 votos (54,63%)

Edivaldo – 26.851 votos (38,37%)

Brancos – 867 votos (1,40%)

Nulos – 1.750 votos (2,83%)

2º Zona Eleitoral

Bairros: Monte Castelo, João Paulo, Filipinho, Bairro de Fátima, Coroado e Sacavém

Edivaldo – 33.123 votos (55,58%)

Eduardo – 26.475 votos (44,42%)

Brancos – 983 votos (1,58%)

Nulos – 1.566 votos (2,52%)

3ª Zona Eleitoral

Bairros: Alemanha, Camboa, Ivar Saldanha, Monte Castelo, Liberdade, Jordoa e Caratatiua

Edivaldo – 31.395 votos (52,77%)

Eduardo – 28.094 votos (47,23%)

Brancos – 1.106 votos (1,76%)

Nulos – 137 votos (3,41%)

10ª Zona Eleitoral

Bairros: Vila Palmeira, Radional, Vila Lobão, Santa Cruz, Anil, Aurora, Ipase, Maranhão Novo, Bequimão, Angelim, Cohab Anil III, João de Deus, Vila Isabel Cafeteira e Santo Antônio

Edivaldo – 36.988 votos (56,89%)

Eduardo – 28.025 votos (43,11%)

Brancos – 1.155 votos (1,69%)

Nulos – 2.020 votos (2,96%)

76ª Zona Eleitoral

Bairros: Renascença, Cohama, São Francisco, Vinhais, Cohama, Vicente Fialho, Vila Fialho e Cohaserma

Edivaldo – 28.775 votos (54,58%)

Eduardo – 23.946 votos (45,42%)

Brancos – 896 votos (1,62%)

Nulos – 1.842 votos (3,32%)

88ª Zona Eleitoral

Bairros: Turu, Cohab Anil IV, Divineia, Cohab Anil, Cohatrac III,  Cohatrac II, Vila Luizão, Sol e Mar, Bom Jardim Turu, Olho d’Água, Habitacional Turu, Cohatrac e Primavera

Edivaldo – 34.201 votos (54,94%)

Eduardo – 28.055 votos (45,06%)

Brancos – 1.088 votos (1,65%)

Nulos – 2.509 votos (3,81%)

89ª Zona Eleitoral

Bairros: Santa Bárbara, Estiva, Quebra Pote, São Cristóvão, Tibiri, Cidade Operária, Itapera, Taçjaçoaba, Rio Grande, Jardim São Cristóvão, Vila Brasil, São Raimundo, Jardim América, Vila Magril, Cajupe, Vila Janaína, Santa Clara, São Bernardo, Vila Cascavel, Cidade Olímpica e Tajipuru

Edivaldo – 47,45% (30.662 votos)

Eduardo – 22,90% (14.800 votos)

Brancos – 2.165

Nulos – 3.165

90ª Zona Eleitoral

Bairros: Sacavém, Parque Timbira, Estiva, Maracanã, Pedrinhas, Coheb Sacavém, Coqueiro, Vila Itamar, Vila Sarney, Rio Grande, Porto Grande, Tauá-Mirim, Coroadinho, Estiva e Vila Nova República

Edivaldo – 27.111 votos (55,76%)

Eduardo – 21.512 votos (44,24%)

Brancos – 748 votos (1,49%)

Nulos – 916 votos (1,825)

91ª Zona Eleitoral

Bairros: Anjo da Guarda, Fumacê, Bonfim, Vila Embratel, Bacanga, Vila São Luís, Vila Nova, Vila Isabel, Vila Bacanga, Mauro Fecury I e Cidade Nova

Edivaldo – 31.500 votos (55,19%)

Eduardo – 25.575 votos (44,81%)

Brancos – 794 votos (1,34%)

Nulos – 1.239 votos (2,10%)

 

Prefeito Osmar Fonseca amplia frota de ônibus escolar de 5 para 11 veículos em 4 anos

Uma das ações governamentais que está evoluindo em Lago do Junco nos últimos anos é a educação, uma das áreas prioritárias do prefeito reeleito Osmar Fonseca.

Até o final do ano de 2012, o município de Lago do Junco, com 50 anos de emancipação política e administrativa, contava em sua frota com apenas 5 ônibus escolares, até então, a maioria dos estudantes que necessitavam de transportes para se deslocar as suas escolas usavam os chamados “pau de arara”, em alguns casos, até em caçambas. No período chuvoso, a situação piorava, eles usavam bicicletas, cavalos ou jumentos para vencer o percurso em busca da educação. Em lugares que os transportes não chegavam, os pais dos alunos também fretavam mototaxistas para que os filhos não ficassem sem estudar.

Ao assumir a Gestão do município de Lago do Junco em 1º de janeiro de 2013, uma das primeiras medidas do Prefeito Osmar Fonseca foi acabar com essa triste realidade. O prefeito conseguiu mais 5 ônibus e recentemente, depois de sua reeleição conseguiu junto ao governo do Estado mais um ônibus escolar.

Hoje a Educação de Lago do Junco dispõe de uma frota 11 ônibus escolares e nenhum aluno chega em sua escola de pau de arara. Destes, 3  ônibus servem as escolas as escolas da Zona Rural, onde concentra o maior número de alunos. As comunidades beneficiadas são Ludovico, Pau Santo e Centro do Aguiar. Os ônibus ficam permanentemente nessas localidades e atendendo as comunidades próximas.

Para facilitar o envio de combustível para os veículos escolares, já que parte da zona rural é distante de postos de combustíveis licitados pela Prefeitura de Lago do Junco, a administração municipal adotou a seguinte medida, toda semana é enviado de 200 a 500 litros de combustível, devidamente autorizados  e elaborados para essas áreas.

Em apenas quatro anos, a frota de veículos escolares de Lago do Junco, saltou de 5 para 11 ônibus.

 

Com informações do Blog do Carlinhos

Confira o resultado da votação por Zona Eleitoral

Edivaldo Holanda Jr foi reeleito prefeito de São Luís com 53,94% dos votos válidos. Acompanhe agora como foi o resultado da apuração do 2º turno das eleições municipais em São Luís por zonas eleitorais:

1ª Zona Eleitoral
Bairros: Centro, Lira, Canto da Fabril e Lira

Edivaldo – 26.851 votos (38,37%)
Eduardo – 32.332 votos (54,63%)
Brancos – 867 votos (1,40%)
Nulos – 1.750 votos (2,83%)

2º Zona Eleitoral
Bairros: Monte Castelo, João Paulo, Filipinho, Bairro de Fátima, Coroado e Sacavém

Edivaldo – 33.123 votos (55,58%)
Eduardo – 26.475 votos (44,42%)
Brancos – 983 votos (1,58%)
Nulos – 1.566 votos (2,52%)

3ª Zona Eleitoral
Bairros: Alemanha, Camboa, Ivar Saldanha, Monte Castelo, Liberdade, Jordoa e Caratatiua

Edivaldo – 31.395 votos (52,77%)
Eduardo – 28.094 votos (47,23%)
Brancos – 1.106 votos (1,76%)
Nulos – 137 votos (3,41%)

10ª Zona Eleitoral
Bairros: Vila Palmeira, Radional, Vila Lobão, Santa Cruz, Anil, Aurora, Ipase, Maranhão Novo, Bequimão, Angelim, Cohab Anil III, João de Deus, Vila Isabel Cafeteira e Santo Antônio

Edivaldo – 36.988 votos (56,89%)
Eduardo – 28.025 votos (43,11%)
Brancos – 1.155 votos (1,69%)
Nulos – 2.020 votos (2,96%)

76ª Zona Eleitoral
Bairros: Renascença, Cohama, São Francisco, Vinhais, Cohama, Vicente Fialho, Vila Fialho e Cohaserma

Edivaldo – 28.775 votos (54,58%)
Eduardo – 23.946 votos (45,42%)
Brancos – 896 votos (1,62%)
Nulos – 1.842 votos (3,32%)

88ª Zona Eleitoral
Bairros: Turu, Cohab Anil IV, Divineia, Cohab Anil, Cohatrac III, Cohatrac II, Vila Luizão, Sol e Mar, Bom Jardim Turu, Olho d’Água, Habitacional Turu, Cohatrac e Primavera

Edivaldo – 34.201 votos (54,94%)
Eduardo – 28.055 votos (45,06%)
Brancos – 1.088 votos (1,65%)
Nulos – 2.509 votos (3,81%)

89ª Zona Eleitoral
Bairros: Santa Bárbara, Estiva, Quebra Pote, São Cristóvão, Tibiri, Cidade Operária, Itapera, Taçjaçoaba, Rio Grande, Jardim São Cristóvão, Vila Brasil, São Raimundo, Jardim América, Vila Magril, Cajupe, Vila Janaína, Santa Clara, São Bernardo, Vila Cascavel, Cidade Olímpica e Tajipuru

Edivaldo – 47,45% (30.662 votos)
Eduardo – 22,90% (14.800 votos)
Brancos – 2.165
Nulos – 3.165

90ª Zona Eleitoral
Bairros: Sacavém, Parque Timbira, Estiva, Maracanã, Pedrinhas, Coheb Sacavém, Coqueiro, Vila Itamar, Vila Sarney, Rio Grande, Porto Grande, Tauá-Mirim, Coroadinho, Estiva e Vila Nova República

Edivaldo – 27.111 votos (55,76%)
Eduardo – 21.512 votos (44,24%)
Brancos – 748 votos (1,49%)
Nulos – 916 votos (1,825)

91ª Zona Eleitoral
Bairros: Anjo da Guarda, Fumacê, Bonfim, Vila Embratel, Bacanga, Vila São Luís, Vila Nova, Vila Isabel, Vila Bacanga, Mauro Fecury I e Cidade Nova

Edivaldo – 31.500 votos (55,19%)
Eduardo – 25.575 votos (44,81%)
Brancos – 794 votos (1,34%)
Nulos – 1.239 votos (2,10%)

83,90% dos eleitores de São Luís compareceram para votar no 2º turno


Diferença de 41 mil 651 votos reelegeu Edivaldo Holanda Júnior (PDT) como prefeito de São Luís, onde, neste domingo, 30 de outubro, ocorreu 2º turno das eleições 2016. Ele disputava com Eduardo Braide do PMN, totalizando 285.242 (53,94%) contra 243.591 (46,06%) do segundo colocado. A diplomação ocorre no dia 19 de dezembro.

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão encerrou a apuração dos votos às 19h11, quando foram recebidos todos os votos das 1.968 seções de 260 locais de votação distribuídos em 9 zonas eleitorais da cidade. Deixaram de votar 8.758 (1,58%) e anularam 15.944 (2,88%). A abstenção registrada foi de 106.244 (16,10%) e o comparecimento de 553.535 (83,90%), sendo que nenhuma urna deu problema.

Em coletiva de imprensa, presidente e corregedor do TRE-MA, desembargadores Lourival Serejo e Raimundo Barros, elogiaram o trabalho de todos os envolvidos no processo eleitoral, destacando o esquema de segurança que garantiu tranquilidade antes, durante e após a votação.

“Temos a satisfação de fazer este anúncio coroado de êxito. Atravessamos esse processo com coragem, planejamento, organização e muita disposição de nossos servidores e isto é um orgulho para a Justiça Eleitoral de prestar esse serviço à comunidade de São Luís, à democracia. Temos certeza de que afirmamos em cada eleição dessa o compromisso com a ética, transparência, celeridade e com a solidificação de nossa República”, elogiando, ao encerrar sua fala, o papel da imprensa novamente, que agiu como aliada porque contribuiu para a transparência das eleições.

Para o desembargador Raimundo Barros, a palavra da Justiça Eleitoral já havia sido dada pelo presidente, “da minha parte, da Corregedoria, nós só queríamos registrar que depois de dias, que denominei de dias tensos no primeiro turno, nós tivemos uma eleição absolutamente tranqüila neste segundo turno, sem nenhuma ocorrência, sem nenhum ato de violência ou de vandalismo. Mantivemos todo o planejamento do primeiro para este segundo turno e naturalmente, como disse nosso presidente, com a união de forças e a mobilização do quadro de pessoal e dos membros da Corte, de modo de que nos sentimos realizados, parabenizamos o prefeito reeleito e toda a comunidade por esse resultado”.

Edvaldo Holanda Júnior, acompanhado de correligionários, fez visita de cortesia ao Tribunal após o anúncio oficial do resultado, agradecendo o trabalho transparente desenvolvido pela Justiça Eleitoral do Maranhão.

Justificativa

Quem deixou de votar neste 2º turno tem até 60 dias para justificar o voto, apresentando requerimento nos cartórios eleitorais, que pode ser preenchido online, através do endereço eletrônico www.tse.jus.br/eleitor/servicos/justificativa-eleitoral/justificativa-eleitoral. A regra vale para o 1º turno também, lembrando que cada turno vale como uma eleição individual.

Edivaldo Holanda Jr é reeleito em São Luís

Resultado de imagem para vitória edivaldo holanda jr

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), candidato à reeleição pela coligação “Pra Seguir em Frente”, confirmou o que todas as pesquisas já previam, sua vitória nas urnas!

Reeleito para um mandato de mais 4 anos em São Luís, Edvaldo derrotou o deputado estadual Eduardo Braide, do PMN na disputa de segundo turno da eleição municipal.

O pedetista obteve 53,94% dos votos válidos, contra 46,06% de Eduardo Braide. Ao todo, 285.242 eleitores optaram pela reeleição de Edivaldo. Outros 243.591 votaram em Eduardo Braide.

De acordo com Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 553.535 (83,90%) de um total de 659.779 eleitores aptos ao voto compareceram às urnas na capital maranhense. Do total de eleitores que compareceram às urnas, 8.758, ou 1,58% votaram ‘Branco’ e outros 15.944, ou 2,88% optaram por anular o voto. A abstenção foi de 16,10%, com 106.244 eleitores faltosos.

Edivaldo venceu a eleição com o apoio do governador Flávio Dino (PCdoB) e com o auxílio de 12 partidos políticos.

Com presença de Flávio Dino, Luciano participa de agenda oficial do Governo em Pinheiro

lu e fl

O prefeito eleito,  Luciano Genésio,   participou na tarde de sexta-feira (28), do roteiro oficial de visitas do governador Flávio Dino  em Pinheiro, que entregou a população as novas instalações do VIVA e  pavimentação de 12 KM de ruas nos bairros João Castelo, Dondona Soares, Kiola Sarney, Matriz, Ilha de Ventura, Santa Luzia, Quinta da Boa Vista, Alcântara, Ilha de Leonor, Floresta e nas Vila Zé Genésio e  Zé Arlindo.

“Essas obras são de grande importância para o nosso povo. Não podemos reclamar, pois Flávio Dino sempre que vem nos traz um presente novo. Ha um ano nos entregou o Hospital Jackson Lago e agora ele nos trás mais benefícios”, disse Luciano  ao frisar a importância da vinda do governador à cidade.

O prefeito eleito agradeceu  o apoio diferenciado que o governador tem dispensado à Pinheiro e disse que a partir de janeiro, quando se inicia a nova gestão,  estará aberto à novas parcerias com o estado.  Durante a solenidade, o próprio governador garantiu que andará de mãos dadas com a nova gestão para realização de  parcerias que possibilitem a execução de serviços e obras que beneficiem a população.

Blog do Herasmo Leite

De mais preparado a mais corrupto: Eduardo Braide em dois debates na Mirante

eduardo-braide-2-940x540

Ataul 7

Depois de dois debates na TV Mirante nestas eleições, um no primeiro e o outro no segundo turno, o candidato a prefeito de São Luís pelo PMN, deputado Eduardo Salim Braide, pulou da condição de mais preparado para a de mais corrupto.

Isso ocorre porquê, numa comparação simples entre os documentos que compravam que ele o seu adversário na disputa, o prefeito e candidato à reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), estão sendo investigados por corrupção, Braide acabou levando a pior.

Pelo documento publicado na rede social do candidato do PMN, restou comprovado que, apesar de que tenha dito no debate que é homem sério e que não é bandido, desde o dia 17 de março deste ano, pesa contra Edivaldo Júnior uma Ação População por ato de improbidade administrativa, que corre na 5ª Vara da Fazenda Pública de São Luís.

edivaldo-junior-improbidade-administrativa-e1477755291658

Já no documento publicado pelo pedetista, por sua vez, ficou também comprovado que Eduardo Braide, embora ande no bolso e tenha em suas redes sociais uma calhamaço de certidões negativas de “nada consta”, é investigado pela Polícia Federal por lavagem de dinheiro e apropriação indevida de recursos públicos, no esquema criminoso de empresas de fachada conhecido como a Máfia de Anajatuba.

Neste sentido de troca de acusações mútuas, sobre quem seria mais corrupto que o outro, enquanto Edivaldo Holanda Júnior é alvo de uma ação de improbidade cujo entrada foi dada pelo advogado José Ribamar de Araújo e Sousa Dias e o empresário Albery Batistella, Eduardo Braide é alvo de investigação aberta pela própria Polícia Federale pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) —, após o COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) encaminhar ao Ministério Público Federal a informação de que houve vultosa movimentação financeira em sua conta bancária, e dele estar umbilical e profissionalmente ligado aos cabeças e demais integrantes da organização criminosa (orcrim) que assaltou os cofres públicos daquele município.

eduardo-braide-investigado-policia-federal-e1477757083729

Ainda comparando as acusações de corrupção de um contra o outro, enquanto não se tem conhecimento de que e de quanto se trata o suposto dano ao erário apenas nos cofres de São Luís por parte de Edivaldo Júnior no processo que corre na 5ª Vara da Fazenda Pública da capital, em relação a Eduardo Braide não se pode dizer o mesmo, pois é de conhecimento público e notório que a Máfia de Anajatuba operou em quase 70 prefeituras de todo o Maranhão, e delas roubou quase R$ 60 milhões da saúde e da educação — dinheiro este maior até que o envolvendo o famigerado esquema do Isec, que foi de R$ 33,2 milhões.

Talvez por saber que o que pesa contra ele é mais forte e consistente do que o que pesa contra Edivaldo, é que Eduardo Braide não tenha conseguido o esperado massacre no debate contra o prefeito, e ainda tenha se perdido em alguns momentos na fala, além de até se engasgado e de ainda, nervoso em um vídeo publicado no Facebook após o final do debate, ter chamado Edivaldo Júnior de “nosso candidato”.

Esta nova condição do candidato do PMN pode, inclusive, ser sentida diretamente nas redes sociais, devido a diminuição considerável de usuários saindo em sua defesa e de uma parte considerável do eleitorado ludovicense publicar em seus perfis que, após esse segundo debate, já pensa votar em branco ou nulo.

É como se a população que trocou o voto após assistir o primeiro debate da TV Mirante, e acabou votando nele por achá-lo o mais preparado para administrar a cidade, tivesse acordado ao saber quem é Eduardo Braide, e que de políticos de boa retórica mas de pouca eficiência administrativa e muito envolvimento em casos de corrupção, basta Fernando Collor de Mello e José Sarney.

Pesquisa TV Guará/Exata confirma ampla vitória de Edivaldo

edivaldo2

Nesta sexta-feira (28), mais uma pesquisa sobre a disputa eleitoral do 2º Turno na capital maranhense foi divulgada e foi mais um instituto que confirmou, não só a vitória do candidato Edivaldo Júnior (PDT), como a ampliação da vantagem.

A pesquisa divulgada foi da Exata, contratada pela TV Guará, e apontou uma vantagem de 14 pontos favoráveis ao candidato Edivaldo.

Na pesquisa, levando em conta apenas os votos válidos, ou seja, descartando brancos, nulos e indecisos, Edivaldo aparece com 57% dos votos válidos, contra 43% do candidato Eduardo Braide (PMN).

A pesquisa Exata/TV Guará ouviu 800 pessoas entre os dias 25 e 27 de outubro e está registrada na Justiça Eleitoral sob o número nº MA-04457/2016. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos e o grau de confiabilidade é de 95%

Ampliando – A vantagem de Edivaldo diante de Braide, de acordo com a nova pesquisa, acabou aumentando.

Na primeira pesquisa da TV Guará/Exata no 2º Turno a vantagem de Edivaldo era de apenas um ponto. Edivaldo apareceu com 46% e Braide com 45%. Na segunda pesquisa, além da ampliação da vantagem, Edivaldo cresceu 3 pontos e Braide caiu quatro pontos, pois ficou 49% x 41%.

Neste terceiro levantamento, Edivaldo subiu 8% e Braide caiu 2%, ou seja, além de permanecer na frente, Edivaldo seguiu ampliando a vantagem.

Blog do Jorge Aragão

Eduardo Braide pagava R$ 15 mil de salário para líder de organização criminosa

Maços de dinheiro que somam R$ 50 mil que foi entregue por Fabiano como propina na máfia de Anajatuba.Documentos obtidos pelo Blog do Neto Ferreira revelam que, entre os anos de 2012 e 2014, o candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide (PMN), pagou uma quantia de R$ 360 mil ao empresário Fabiano Carvalho Bezerra – que foi preso no ano passado por envolvimento no esquema de corrupção que desviou milhões da Prefeitura de Anajatuba.

O pagamento, segundo depoimento do próprio empresário dado ao Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), foi feito mensalmente, como forma de salário. Fabiano recebia R$ 15 mil por mês para trabalhar no gabinete do então deputado Eduardo Braide.

O curioso a se notar é que anteriormente, entre os anos de 2008 e 2012, Fabiano Carvalho Bezerra recebia apenas R$ 10 mil para ocupar o mesmo cargo no gabinete do ex-deputado Carlos Braide, pai de Eduardo Braide, que também é suspeito de participação no esquema criminoso. Carlos Braide, aliás, é apontado pelo Gaeco como outro cabeça da quadrilha.

Outro ponto no mínimo curioso é a comprovada relação da família Braide com um empresário envolvido em escandaloso esquema de corrupção. Ao todo, a família do candidato à prefeitura de São Luís pagou R$ 840 mil ao empresário preso.

Veja, abaixo, o depoimento do empresário preso:

eduardo0020copia

eduardo10024