Coordenadora do CNPT busca parceria para projetos voltados à juventude extrativista

gabi

A coordenadora nacional do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Sócio-biodiversidade Associada a Povos e Comunidades Tradicionais (CNPT), Louiziane Gabrielle Souza Soeiro, esteve esta semana em Brasília, reunido com a secretário Nacional da Juventude, Assis Filho, pontuando sobre diversos projetos que pretende desenvolver para os jovens das reservas extrativistas do Brasil, como também sobre a importância da parceira com o governo federal em busca de colocar em práticas algumas alternativas sustentáveis voltadas para a juventude extrativista.

Em contato com o blog, Gabrielle Soeiro explicou que a proposta foi bem recebida pelo secretário Assis Filho que se mostrou disposto a estreitar a agenda voltada para os jovens extrativistas do Maranhão e do Brasil.

“Foi um encontro positivo, pois o secretário Assis Filho se mostrou disposto a estreitar a agenda com o CNPT/ ICMBio visando fortalecer propostas voltadas para os jovens extrativistas do Maranhão e do Brasil”, declarou.

Uma das propostas apresentadas é a capacitação de jovens em vários segmentos, a valorização de serviços e produtos locais, a criação de marcas ambientais sustentáveis e a garantia da geração de renda, fortalecendo os conhecimentos tradicionais.

“Os jovens estão cada vez mais participativos e conscientes. Acredito que essa juventude é que vá apontar os caminhos para pensarmos um amanhã mais sustentável, a partir de suas experiências colaborativas, responsabilidade ambiental e novas vivências do espaço urbano”, destaca Gabrielle Soeiro.

E MAIS:

O CNPT é um dos 11 centros nacionais de pesquisa e conservação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão ambiental do governo brasileiro, criado pela lei 11.516, de 28 de agosto de 2007.

 

“Não vão atrapalhar o Carnaval de Pinheiro”, afirma Luciano Genésio

llllllllllllllllllllllll

O Carnaval de Pinheiro é considerado um dos melhores do Maranhão. Mas este ano, parece que querem atrapalhar a folia dos pinherenses. Aliados do ex-prefeito Filuca Mendes, tem noticiado possíveis irregularidades na licitação para contração da empresa que fará o carnaval da cidade.

O motivo para tentar inviabilizar uma festa tão tradicional como a de Pinheiro é simples de entender. Caso não consiga realizar um carnaval de alta qualidade, seria o discurso perfeito para os adversários colocar a opinião pública contra o prefeito Luciano Genésio. A ideia é criar o discurso de que se Luciano não foi capaz de realizar um carnaval à altura de Pinheiro não seria capaz de administrar o município.

Os adversários dizem que a licitação para o Carnaval é carta marcada, ou seja, quando já se sabe qual empresa irá levar o contrato. Eles praticamente afirmam que a empresa vencedora da licitação será a Gajo Entretenimento. A empresa tem anunciado em suas redes sócias o carnaval de Pinheiro, apenas isso, e não faz nenhuma referência de atrações ou programação. Dias atrás, um outro baner circulou divulgado o carnaval com atrações e com outra empresa, desconhecida do público. Tudo com cheiro de armação.

carn

A Gajo Entretenimento, empresa citada pelos aliados de ser a carta marcada, sequer concorrerá ao processo licitatório. Portanto não exagero nenhum acreditar que tudo não passa de uma armação para tentar deixar os maranhenses sem um dos melhores do Carnaval do Estado.

Em contado com o blog, o prefeito Luciano Genésio reagiu e disse que tudo está sendo feito dentro da legalidade e que não vão atrapalhar o carnaval de Pinheiro. Ele disse ainda que a prefeitura está trabalhando para presentear os foliões com o melhor Carnaval que pinheiro já teve.

“Estão de brincadeira, tudo está sendo feito dentro da legalidade e não são denúncias vazias que irão atrapalhar o carnaval de Pinheiro. Vamos realizar o melhor Carnaval que o município já teve, com muitas atrações, uma programação diversificada e muita segurança para os foliões.”

Em defesa de Imperatriz, deputado Wellington solicita URGÊNCIA por parte da Caema para solucionar o problema de água

wweelliiiiii

 

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou, nesta quinta-feira (19), indicação solicitando providências para solucionar o problema referente à falta d’àgua na cidade de Imperatriz. O documento será encaminhado em caráter de URGÊNCIA ao Governador do Maranhão e ao diretor da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema).

A solicitação do deputado Wellington faz referência às várias denúncias feitas por moradores de diversos bairros da cidade, já que a solda feita por técnicos da Caema na adultora não resistiu à força d’água e foi rompido novamente.

“Nosso gabinete recebeu várias denúncias e solicitações feitas pelos moradores de diversos bairros. Ontem, por volta das 22h, foi anunciado pela Caema que os trabalhos tinham sido concluídos com sucesso. Diante disso, o reabastecimento iria começar ainda na madrugada. No entanto, o serviço feito com solda não resistiu à força d’água. Por isso, deixamos aqui a nossa solicitação, para que a Caema adote uma providência EMERGENCIAL para resolver o problema, já que quem padece com a falta d’água é a população “, disse Wellington.

O deputado Wellington destacou ainda a possibilidade da realização de uma audiência pública que poderá acontecer no início de fevereiro, para discutir a problemática da falta d’água, atendendo às reivindicações dos moradores.

“Várias foram as reclamações  e denúncias que recebemos nos últimos 5 dias, oriundas de Imperatriz, que implicarão em uma audiência pública, que realizaremos no início de fevereiro na cidade. Nosso objetivo é conseguir medidas que solucionem o problema que tanto afeta a população.”, afirmou Wellington.

Esse não é o primeiro posicionamento do deputado Wellington de cobrança de melhorias no serviço de fornecimento de água para a população. O parlamentar tem uma preocupação constante e já se posicionou solicitando a anulação dos contratos com a Odebrecht, em São José de Ribamar e Paço do Lumiar (péssima prestação de serviço de fornecimento de água); realizou audiência pública solicitando a convocação dos aprovados no concurso da Caema, além de várias proposições, a exemplo da indicação Nº 522/2015 que solicita ao Governo do Estado e a Caema a execução do “Programa Água para todos” na Vila Parati, em Imperatriz.

Filho confirma que Teori Zavascki, relator da Lava-Jato no STF, morreu na queda de avião

 

03/03/2016 Crédito: Antonio Cruz/Agencia Brasil.  Teori Zavascki, na sessão de julgamento sobre a aceitação da denúncia apresentada pela PGR contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha e a ex-deputada federal e atual prefeita de Rio Bonito (RJ), Solange Almeida, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro

O Globo

RIO – O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF) morreu na tarde desta quinta-feira na queda de um avião no mar próximo a Paraty, próximo a Ilha Rasa, na Costa Verde do Rio de Janeiro. Ele tinha 68 anos. A informação foi confirmada pelo filho de Teori, em publicação nas redes sociais.

“Caros amigos acabamos de receber a confirmação de que o pai faleceu. Obrigado a todos pela força”, escreveu Francisco.

No Supremo, o clima é de tristeza no gabinete do ministro. Alguns servidores são vistos chorando.
O Corpo de Bombeiros informou que pelo menos três pessoas estavam dentro do avião. 

aviaonomar

A aeronave saiu do Campo de Marte, em São Paulo (SP), às 13h01m e tinha como destino a cidade de Paraty. Segundo a Força Aérea, o acidente ocorreu pouco antes das 14h e foi informado pelo sistema Salvaero (sistema interno de comunicação do sistema aéreo), às 14h20m. Segundo a assessoria do Corpo de Bombeiros, um dos tripulantes chegou a ser encontrado com vida, mas acabou não resistindo. Os outros dois já estavam mortos.

A Infraero informou que o avião que caiu em Paraty era um modelo Hawker Beechcraft King Air C90, de matrícula PR-SOM. A assessoria do aeroporto, que serve para pousos e decolagens basicamente de aeronaves particulares, não divulgou quem estaria na aeronave.

Segundo a coluna Lauro Jardim, no site do GLOBO, o bimotor pertence a Carlos Alberto Filgueiras, dono dos hoteis Emiliano em São Paulo e Rio de Janeiro. A assessoria do Grupo Emiliano, que é a proprietária do avião, confirmou o acidente, mas não deu detalhes de quem estava a bordo.

Teori é o relator da Operação Lava-Jato no Supremo. Indicado pela presidente Dilma Rousseff, Teori assumiu o cargo de ministro do Supremo em 2012. Antes disso, foi ministro do Superior Tribunal de Justiça. Formou-se em Direito em 1972, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde fez mestrado e doutorado.

Relator da Operação Lava-Jato, Teori havia interrompido as férias nos últimos dias para analisar os acordos de colaboração premiada dos executivos da Odebrecht. Teori é o responsável por todos os processos da operação que chegam ao STF, envolvendo políticos e diretores das empresas investigadas.

TEMER RECEBEU NOTÍCIA DURANTE CERIMÔNIA

temer

O presidente Michel Temer estava em uma cerimônia no Palácio do Planalto, somente com a presença da imprensa, e saiu sem dar declarações. O evento era de entrega de credenciais de oito embaixadores para Temer, o que formaliza o início do trabalho desses representantes. Durante a cerimônia, entre a chegada de um embaixador e outro, o ministro das Relações Exteriores, José Serra, falou ao celular, e chegou a entregar o aparelho a Temer para que ele lesse algo.

 

 

Presidência da Famem: Tema agradece apoio da imprensa do Maranhão

tema-cleoma-768x512

“Não houve vencedores e não houve vencidos. A vitória foi de todos. Buscamos um mesmo objetivo, que é o fortalecimento do municipalismo. Quero aqui agradecer ao apoio de todos os que nos ajudaram nessa jornada. Aos meus companheiros de chapa, àqueles que depositaram seu voto de confiança, ao governador Flávio Dino, ao presidente da Assembleia Legislativa, deputado Humberto Coutinho, ao deputado federal Zé Reinaldo, à imprensa do Maranhão. e àqueles que contribuíram com sua torcida, estabelecendo um clima positivo”.

As palavras foram proferidas pelo presidente da Famem, Cleomar Tema, eleito no último dia 16 e pregando que a Famem é isenta de partidarismo, porque luta pelo fortalecimento do partidarismo. Logo após a eleição, ele disse que vai buscar o caminho da conciliação com a prefeita de Rosário, Irlaih Moraes, que teve a chapa indeferida pela comissão eleitoral, por conta de algumas falhas no processo.

“Se a Irlaih não vem à Famem, a Famem irá até a Irlaih”, destacou tema, mostrando seu lado conciliador. No entendimento do dirigente municipalista, a sua vitória é uma vitória de todos aqueles que apostam numa entidade forte e extremamente participativa no processo político e administrativo do Estado.

Ele destacou que está ocupado na montagem da equipe e que logo em seguida dará início a uma série de seminários regionais. “Não é o prefeitos que irão à Famem, a entidade é que buscará os prefeitos, orientando-os sobre todo o processo de gestão. Por isso é que estamos buscando parcerias com TCE, TJ, CGU e todos os órgãos de fiscalização, no sentido de que orientem os prefeitos para que sejam evitadas futuras penalizações”, acrescentou Tema.

O dirigente municipalista também asseverou que está buscando apoio junto ao governo do Estado, à bancada federal do Maranhão no Congresso e que está tentando abrir espaços nas agendas de vários ministérios, para explanar as problemáticas dos prefeitos maranhenses.

Um desses problemas, segundo Tema, é quanto aos recursos disponibilizados para a saúde. Ele destaca que o Maranhão é um dos Estados em que a per capita é uma das menores, muito abaixo do que é contemplado o Estado do Piauí. Na sua concepção, essa é uma distorção que buscará corrigir, com apoio de toda a força política maranhense.

Esta é a terceira vez que ele é eleito presidente da Famem e assinala que isso lhe atribui uma grande responsabilidade. “É a demonstração de um elevado grau de confiança dos meus companheiros e tenho que corresponder, de qualquer maneira. Por isso, já estou me desdobrando nessa tarefa, para não decepcionar nem aos colegas e nem ao povo do Maranhão”, finalizou.

Apenas 34 municípios estão aptos a conveniar com o Estado; confira lista

caldas-furtado-tce-maranhao-940x540

Dos 217 municípios do Maranhão, apenas 34 estão aptos para conveniar com o Governo do Estado. Os demais 183 apresentam irregularidades relacionadas ao Portal da Transparência e, consequentemente, ao cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o que lhes impede de realizar convênios.

A informação foi publicada em primeira mão pelo blog do Gláucio Ericeira. O jornalista entrevistou o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Caldas Furtado, que confirmou que o órgão irá exigir dos municípios a adequação imediata da LRF para que possam voltar a conveniar.

“Este será o primeiro Carnaval da Transparência. Aquele que não se adequar ao que é exigido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, estará impedido de conveniar”, declarou Caldas Furtado.

Caso haja descumprimento da orientação, tanto o Município que celebrar convênio quanto o Governo do Estado serão rigorosamente punidos. O alerta foi feito pelo próprio Caldas. Ele esclareceu que o objetivo do TCE-MA com a medida não é o de penalizar a prefeitura ou gestor, mas fazer com que os dispositivos de transparência sejam rigorosamente cumpridos.

“Possuímos corpo técnico qualificado para orientar o prefeito e ajudá-lo a se adequar ao que determina a lei. Queremos contribuir com as administrações e precisamos que elas tenham esse interesse recíproco”, finalizou.

Segundo o TCE-MA, estão aptos a celebrar convênios apenas os municípios de Açailândia, Apicum-Açu, Arari, Barão de Grajaú, Barra do Corda, Bom Lugar, Buritirana, Cantanhede, Caxias, Cidelândia, Codó, Coroatá, Dom Pedro, João Lisboa, Lago dos Rodrigues, Matinha, Matões do Norte, Monção, Olho D’água das Cunhas, Passagem Franca, Pedreiras, Poção de Pedras, Raposa, Ribamar Fiquene, Rosário, Santo Antônio dos Lopes, São Bernardo, São Domingos do Maranhão, São Luís, São Mateus do Maranhão, Timbiras, Trizidela do Vale, Tuntum e Viana.

Atual 7

Roberto Costa solicita ao Ministério Público intervenção política-administrativa em Bacabal

roberto costa minis

O deputado Roberto Costa esteve nesta quarta-feira (18), com o procurador-geral de justiça do Ministério Público do Maranhão, Luiz Gonzaga, para solicitar uma intervenção que reestabeleça a ordem política-administrativa, no sentido de garantir o funcionamento dos serviços essências de saúde e educação para a população no município de Bacabal. Também estiveram na reunião os procuradores Justino da Silva Guimarães e Reginaldo Junior Carvalho.

De acordo com o deputado, a situação indefinida na cidade, gera desconforto para a população que acaba sendo prejudicada com a falta de funcionamento administrativo, principalmente nas áreas de infraestrutura, saúde e educação.

“Por conta dessa indefinição política-administrativa no município de Bacabal, nós temos uma preocupação em relação à população. Hoje a cidade não tem prefeito legalmente, existe uma disputa na Câmara Municipal de dois grupos  que fizeram uma eleição; e a cidade têm  dois presidentes da Câmara, a justiça ainda não tomou uma decisão em relação a validação da eleição do legislativo, o que agrava o sofrimento da população. Mas em contra partida, a Justiça Federal, reconheceu que o verdadeiro presidente do legislativo é o vereador Edvan Brandão, que  respaldado pelo regimento interno, encaminhou oficio à justiça informando a situação, e mediante a lei, acatou e decidiu que não permitiria que as contas do município fossem mexidas pelo “prefeito” que não foi reconhecido oficialmente pela Câmara”, esclareceu Roberto Costa.

Durante o encontro com o procurador-geral, o parlamentar explicou que uma intervenção do MP seria necessária, principalmente, por conta dos funcionários que estão trabalhando e poderão não ter seus salários pagos por conta dessa indecisão.

“Vivemos uma situação de instabilidade, e de muitas dificuldades, e quem acaba sendo penalizado com tudo isso é a população de Bacabal, por essa razão, eu estou aqui pedindo ao procurador-geral, Luiz Gonzaga, uma intervenção do Ministério Público, no sentido de garantir que os serviços básicos e essenciais do município, como por exemplo, o pagamento dos funcionários públicos,  sejam efetuados.  E que não sejam suspensos por conta desse imbróglio político existente em Bacabal”,  explicou o deputado.

O procurador-geral Luiz Gonzaga ouviu atentamente o deputado e assegurou que tomará medidas emergenciais, no sentido de  garantir  ao funcionalismo público o pagamento dos seus proventos.  Tendo em vista que, essa situação prejudica não somente os funcionários, mas toda a população bacabalense que acaba sendo penalizada pela falta de um gestor efetivo no cargo de prefeito.

Roberto Costa reforçou sua preocupação com a falta de gestão na saúde e educação, lembrando-o que a partir do próximo mês, milhares de alunos terão que estar nas salas de aulas.

“Se não existe prefeito legalmente, não pode existir secretários municipais, o que inviabiliza o funcionamento do sistema municipal de educação e a população fica a mercê sem ter a quem reivindicar por conta dessa indefinição”, declarou Costa.

Por fim, o deputado Roberto Costa demostrou profunda indignação com o sofrimento dos bacabalenses, e pela instabilidade econômica e política- administrativa do município.

“É inadmissível que essa situação continue indefinida. A justiça precisa tomar uma decisão imediata em relação à eleição da Câmara Municipal, porque a população de Bacabal não aguenta mais tanto sofrimento. Contudo, estamos confiantes que a justiça tomará as medidas cabíveis e emergenciais, para o reestabelecimento da ordem no município”, finalizou.

Zé Vieira pede a Roseana audiência com José Sarney

ze-vieira

O prefeito de Bacabal, Zé Vieira (PP), tomou uma atitude curiosa há alguns dias.

Em São Luís, procurou a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) para uma conversa sobre a política de Bacabal.

Durante um encontro na residência da peemedebista, pediu a ela que intercedesse por uma audiência com o ex-presidente José Sarney (PMDB).

Motivo: quer tratar de uma possível aproximação com o senador João Alberto e com o deputado estadual Roberto Costa, seus dois principais adversários em Bacabal.

Disse que quer estar próximo do grupo e que a querelas políticas municipais podem ser deixadas de lado.

Para tentar convencer a ex-governadora a intermediar a aproximação, levou um carneiro e um bom vinho.

Blog do Gilberto Léda

Wellington do Curso percorrerá os 217 municípios “Ouvindo o Maranhão”

217

“Vou percorrer os 217 municípios maranhenses”, anunciou o deputado estadual Wellington do Curso, na tarde da última segunda-feira (16), durante entrevista concedida ao jornalista Diego Emir, no programa Conversa Franca da Rádio Capital AM.

Na oportunidade, ele ainda falou que seu objetivo será ouvir as demandas mais urgentes da população, por isso, vai retomar o programa “Ouvindo o Maranhão”. Esta é mais uma ação a ser promovida pelo seu gabinete.

Ainda durante a entrevista, Wellington abordou pontos importantes como mandato popular e a necessidade de ouvir e permanecer o próximo da população maranhense.

“Para nós, a participação popular é muito importante. Por isso, desde 2015, priorizamos esse contato direto com a população. Para 2017, priorizamos essas visitas, mas dessa vez, percorreremos os 217 municípios maranhenses. Daremos continuidade ao ‘Ouvindo o Maranhão’, projeto que já resultou em proposições na Assembleia Legislativa. Ouvir a população, certamente, é o que enriquece o nosso mandato popular, além de transformar em ações que possam efetivamente transformar a vida da população do nosso estado”, disse Wellington.

Por indicação do deputado Josimar, Zé Doca é contemplada com Núcleo de Educação Integral

0fa67fdf92680f7ec231b5d0d2bc6edd

A prefeita de Zé Doca, Josinha Cunha (PR), e seu irmão, o deputado estadual Josimar de Maranhãozinho, estiveram nesta quinta-feira (12), com o Governador Flávio Dino e o Secretário de estado da educação Felipe Camarão, que assinaram a ordem de serviço para a construção de um Núcleo de Educação Integral que atenderá alunos da rede pública e fará parte de um modelo de transição entre Educação Regular e o Ensino em Tempo Integral, o que fará com que os alunos possam exercer atividades no contraturno.

“Me sinto imensamente feliz por essa conquista e quero dividir essa alegria com o nosso povo, principalmente com todos os alunos que serão beneficiados e poderão desenvolver diversas atividades que não podiam ser desenvolvidas antes”, declarou a prefeita Josinha.

Segundo o Governador, os Núcleos de Educação Integral são estruturas que vão servir a viárias escolas ao mesmo tempo. O secretário Felipe Camarão destacou a importância das unidades. “Os núcleos estarão de portas abertas para atender, também, alunos das redes municipais e até mesmo estudantes de outras cidades que tenham interesse em integrar os núcleos. São obras de grande relevância, e demonstram, mais uma vez, o compromisso do governador Flávio Dino com a educação maranhense”, destacou o secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão.

De acordo com os idealizadores, este novo modelo de escola pública visa o desenvolvimento dos estudantes em todas as suas dimensões – intelectual, social, cultural, física e emocional.

O deputado Josimar destacou o desenvolvimento que chegará ao município. “Zé Doca dará um salto na educação, ao lado de minha irmã que hoje é prefeita desta cidade, vou lutar incansavelmente para transformar essa cidade que tanto sofreu com gestões sem nenhum compromisso, na cidade dos sonhos de todos os zedoquenses, para isso, investir na educação é fundamental”, destacou o deputado Josimar de Maranhãozinho.

“Agradeço imensamente ao Governador do estado Flávio Dino e ao secretário de educação Felipe Camarão por ter atendido ao nosso pedido prontamente, e incluir Zé Doca entre as cidades contempladas”, completou o deputado.

Notícias, informações, entrevistas, reportagens e furos sobre política.