JACKSON LAGO PROMETE PARA SÃO LUÍS NOVO RITMO DE REALIZAÇÕES

Jackson Lago durante inauguração de comitê

O candidato ao governo do Estado pela coligação O povo é Maior, Jackson Lago (PDT) voltou a afirmar nesta sexta-feira (6) que, se retornar ao Palácio dos Leões, vai pôr em prática um novo ritmo de realizações em São Luís, sem deixar de atender às necessidades e prioridades do interior do Estado.

“Nos dois anos e três meses que ficamos à frente do Governo do Maranhão mostramos que os recursos disponíveis são suficientes para se fazer mudanças profundas na qualidade de vida da população. Basta que não sejam desviadas as finalidades desses recursos, como criminosamente faz o grupo político que detém o poder no Estado.” A afirmação foi feita durante o lançamento da candidatura à reeleição do Deputado Federal Julião Amin (PDT), ocorrida na sede do partido, no centro da Capital.

Ontem (7), no município de São Mateus, 180 quilômetros distante de São Luís, Jackson participou, pela manhã, de uma caminhada e, falando a populares, reafirmou sua posição de municipalista. Ele adiantou que continuará a celebrar parcerias com prefeituras interessadas e, nos casos dos municípios onde os prefeitos não queiram a parceria, o Governo do Estado assumirá a obra ou o serviço. Jackson e comitiva seguem viagem para Alto Alegre do Maranhão, Peritoró e Coroatá.

No lançamento – No ato de lançamento da candidatura de Julião Amin, Jackson Lago destacou o Projeto Rio Anil, em parceria com o Governo Federal como a maior e mais importante obra de inclusão social em São Luís. Iniciado no começo da sua administração e com metade do custo de R$ 228 milhões bancada pelo Governo do Estado, o Projeto destinaria habitação para mais de 10 mil famílias e haveria a construção de avenidas, pontes e viadutos.

“Hoje, as obras perderam a aceleração, estão quase paradas”, comentou o candidato, salientando que para viabilizar projeto contou apoio importante do deputado federal Julião Amin, em Brasília.

O deputado Julião Amin, que já nas eleições 1985 foi candidato a vice-prefeito na chapa de Jackson Lago para a Prefeitura de São Luís, relatou sua trajetória política sempre ao lado de Jackson, de quem foi secretário municipal da Fazenda (1997-98).

Na mesma linha do discurso do candidato a governador, Julião Amin observou que antes de deixar o Governo, Jackson repassou recursos para a Prefeitura de São Luís construir os viadutos do Calhau e da Forquilha, o asfaltamento de diversos bairros e o prolongamento da Avenida Litorânea. “Esse dinheiro foi bloqueado pela governadora Roseana Sarney, prejudicando milhares e milhares de pessoas com o impedimento das obras”, disse o deputado.

Julião Amin concluiu definindo como “uma violência contra a soberania popular”, a cassação do ex-governador Jackson Lago com os votos de quatro ministros dos TSE“ e assinalando que “o grande tribunal do povo vai resgatar o mandato do Dr. Jackson Lago nas eleições deste ano.”

(da assessria de Jackson Lago)

Zé Reinaldo recebe apoio de presidentes da Câmara de Açailândia e Vila Nova dos Martírios

Durante um almoço com lideranças políticas de Vila Nova dos Martírios, José Reinaldo Tavares (PSB), candidato a Senador pelo Maranhão, recebeu mensagem de apoio de Hélio Santos (PSDB), presidente da Câmara de Vereadores de Açailândia. Ele frisou a parceria de Zé Reinaldo com a cidade quando governador do estado.

“O povo de Açailândia o conhece e sabe de seu trabalho, seriedade e compromisso que ele tem com os municípios, com a população mais necessitada e conhece profundamente os problemas da região Tocantina, em especial de Açailândia. É um parceiro nosso, um amigo nosso e será o nosso Senador do Maranhão. O povo de Açailândia sabe o que quer e vai escolher muito bem seus representantes”, defendeu Hélio Santos.

A presidente da Câmara de Vila Nova dos Martírios, Maria José Ferreira (PPS) também fez questão de falar em apoio ao ex-governador do Maranhão que realizou importantes obras na cidade. “José Reinaldo é uma pessoa digna de receber o apoio de Vila Nova. Graças ao trabalho feito por ele, junto ao ex-prefeito Vá Batista, a cidade caminhou e teve outra visão. Não devemos apoiar candidatos em benefício próprio, mas em nome da comunidade, e não há pessoa mais digna do nosso apoio para levar até Brasília”, considerou.

A programação da Coligação Muda Maranhão de sexta-feira (08), acompanhada de Flávio Dino candidato a governador e candidatos a deputado federal e estadual, contou com uma grande Caminhada pelas ruas e inauguração de comitê em São Pedro da Água Branca. Em Vila Nova dos Martírios, após carreata pela cidade, uma reunião com lideranças. No local, Zé Reinaldo falou da bravura dos maranhenses e reforçou os índices divulgados nacionalmente que levam o estado a ocupar o último lugar na maioria dos indicadores sociais.

“A nossa luta é contra uma mentira. O atual governo faz propagandas que mostram um Maranhão que não existe”, disse Zé Reinaldo.

Em Açailândia, os candidatos participaram de uma grande carreata para lançar a campanha na cidade. Em retorno a Imperatriz, a inauguração do Comitê Maranhão do Sul, localizado na Rua Bernador Saião, na Nova Imperatriz

Graça Paz inicia atividades de campanha na capital

Bandeiraço de Graça Paz na Cidade Operária

Candidata à reeleição, a deputada Graça Paz(PDT) realizou nesta quarta-feira,04, sua primeira atividade de campanha nas ruas de São Luís com um bandeiraço na Avenida Daniel de La Touche, na Cohama, próximo ao seu escritório de campanha.

Na quinta-feira a campanha de rua da deputada esteve com a mesma atividade na área Itaqui- Bacanga e na tarde de ontem foi realizado mais um grande bandeiraço no bairro da Cidade Operária, as duas localidades são reduto eleitoral da parlamentar.

O Comando de campanha de Graça Paz, responsável pelo chamado comitê de mobilização, informou que os trabalhos de rua serão intensificados ao longo da campanha da pedetista.

“ Colocamos nossa mobilização na rua , na quarta-feira e daqui para frente vamos intensificar nossas atividades de rua, com panfletagem, muito bandeiraços nos retornos e nas principais avenidas da capital. Nos bairros vamos realizar caminhadas, além de comícios. Esperamos relizar uma excelente campanha toda ela dentro do que a lei eleitoral permite” , disse Bruno Mezenga, um dos coordenadores da campanha.

Zé Reinaldo participa de inauguração de comitê em São Pedro da Água Branca

Zé Reinaldo e Flávio Dino no comitê

Foi com reconhecimento pelo trabalho realizado no município de São Pedro da Água Branca, na região Tocantina, que José Reinaldo Tavares (PSB), candidato a Senador pelo Maranhão, foi recebido na manhã desta sexta-feira (06) durante uma grande caminhada e inauguração de comitê na cidade.

Essa foi a segunda atividade no município, os candidatos da Coligação Muda Maranhão estiveram no período de pré-campanha, liderado pelo candidato a governador Flávio Dino (PCdoB). A população mostrou a vontade de renovação política saindo às portas dos comércios e residências e cumprimentando os candidatos que visitavam a cidade.

Uma dessas lembranças foi do empresário Edmilson Bernardo da Costa. Morador de Vila Nova dos Martírios e que possui um comércio em São Pedro da Água Branca. Durante a caminhada fez questão de falar com o ex-governador do estado e contar da boa lembrança que guarda do período do governo dele.

“Eu voto e apoio o Zé Reinaldo por tudo que ele fez pela minha cidade. Trabalhou muito por Vila Nova, colocou escola, asfalto, delegacia e ainda o estádio de futebol”, considerou.

Lembrança também do funcionário da Funasa, José Aguiar de Araújo. Ele lembrou uma reunião que participou com Zé Reinaldo e ressaltou a proximidade com a população. “Estive com ele durante uma reunião e ele nos deu muito apoio. Meu voto para senador já está decidido e será pra ele”, afirmou.

Partilhando esse reconhecimento, a família Salimar. A voz foi de Cláudio Salimar. Segundo ele é consenso a avaliação positiva de Zé Reinaldo e a aceitação para representação no Senado federal. “Com certeza o senador do Maranhão tem que ser Zé Reinaldo. Já mostrou que é competente com a boa administração no estado”, ressaltou.

Ao final do percurso, a inauguração do espaço que ajudará o Maranhão a voltar para os trilhos do desenvolvimento, o comitê Muda Maranhão. Em nome de todos os candidatos presentes, Flávio Dino agradeceu o apoio e renovou o compromisso com a região.

“Agradecemos a receptividade que está nos ajudando nessa campanha pela mudança do maranhão. Está aqui quem acredita em um governo justo e honesto e não aceita o nosso estado em último lugar na educação, saúde e desenvolvimento”, finalizou.

(da assessoria de zé Reinaldo)

Jackson Lago retoma visita a municípios neste sábado

Jakcson Lago recebe lideranças

O candidato a governador do estado pela coligação “O Povo é Maior”, Jackson Lago (PDT), retoma seu roteiro de campanha no interior do Maranhão neste sábado, 7, pelo município de São Mateus. Durante todo o dia, Jackson Lago, acompanhado dos candidatos ao Senado pela coligação, Edison Vidigal e Roberto Rocha (PSDB), e candidatos às eleições proporcionais, visitarão quatro municípios, cumprindo agenda política. Além de São Mateus, o pedetista visita os municípios de Alto Alegre do Pindaré, Peritoró e Coroatá.

Desde que iniciou o período liberado para campanha, Jackson Lago já percorreu mais de 30 municípios. Ele todas as regiões pelas quais já passou, conversando com lideranças políticas e no corpo-a-corpo com a população tem recebido apoios entusiasmados para a retomada de seu mandato, interrompido em abril de 2009 por determinação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Na tarde desta sexta-feira, Jackson Lago recebeu no comitê central de campanha, a visita de lideranças da região do Munim. Entre as lideranças estava a prefeita de Morros, Silvana Malheiros (PDT).

(da assessoria de Jackson Lago)

Deputado Valdinar Barros inaugura comitê em São Luís

Deputado Valdinar Barros entre os mais votados do PT

O deputado Valdinar Barros (PT) inaugurou, ontem,5, o comitê de campanha dele em São Luís, nas proximidades do Mercado Central, com a participação de dezenas de lideranças populares, religiosas e sindicais do Estado. Um dos presentes foi o presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Maranhão (Fetaema), Francisco Sales, acompanhado de vários outros dirigentes da entidade.

As lideranças defenderam a reeleição de Valdinar Barros, sob o argumento de que os trabalhadores rurais e os movimentos populares “necessitam de um deputado afinado com a população em geral”. Francisco Sales chamou Valdinar de companheiro de confiança e assegurou que o parlamentar possui compromisso com o homem do campo.

Valdinar Barros agradeceu às lideranças e populares presentes e afirmou que pretende intensificar a campanha em todo Estado, extrapolando os limites da região tocantina, onde possui atuação mais destacada.Valdinar disse que é preciso derrotar o grupo dominante e eleger uma bancada afinada com as camadas mais populares do Maranhão.

Debate: Dilma e Serra ignoram adversários

Da Folha

Os candidatos à Presidência Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB) polarizaram o debate promovido pela TV Bandeirantes na noite dessa quinta-feira (5) em São Paulo.

“Eles praticamente ignoraram os adversários. Preferiram trocar perguntas entre si”, afirma a editora de Poder, Vera Magalhães, na análise a seguir.

Além disso, a jornalista explica que Serra foi o primeiro a chamar a adversária para o confronto e que ele fez uma “pegadinha”.

Já Dilma, na análise de Vera, demonstrou nervosismo e evidenciou sua estratégia de colar sua campanha no governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

Presidenciáveis fogem de temas espinhosos no primeiro debate

Serra, Marina, Dilma e Plínio

Da Folha

Temas espinhosos que foram motivo de polêmica durante a campanha e a pré-campanha e que poderiam provocar discussões mais acaloradas entre os candidatos não foram citados ao longo das duas horas de debate.

Do lado tucano, a suposta relação entre o PT e as Farc, a tentativa de montagem de um dossiê contra o vice-presidente executivo do PSDB, Eduardo Jorge Caldas Pereira, e as relações entre os governos do Brasil e do Irã não foram usadas por José Serra.

O problema da segurança em São Paulo, uma possível vulnerabilidade do candidato tucano, que governou o Estado entre 2007 e março deste ano, também não foi abordada por Dilma Rousseff, candidata do PT.

Um dos temas de vulnerabilidade aos dois lados também ficou na gaveta, mesmo nas intervenções de Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL): os mensalões do PT, revelado em 2005, e o do DEM, no governo do Distrito Federal, principal aliado de Serra, que veio a público no ano passado.

Dos temas mais recentes, apenas o caos aéreo foi levantado, mesmo assim brevemente, em resposta de Serra a uma pergunta de Dilma, ainda no começo do debate. Sem citar a Gol, companhia aérea pivô da crise, disse que 19 de 20 aeroportos brasileiros estão com capacidade saturada.

Nos temas econômicos, a sobrevalorização do real frente ao dólar e a discussão sobre a autonomia do Banco Central também foram “esquecidas” pelos postulantes ao Palácio do Planalto.

LULA

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, principal cabo eleitoral de Dilma Rousseff, só passou a ser citado nominalmente pela candidata petista após uma hora de debate, no terceiro bloco do programa.

“Eu considero o presidente Lula foi sem dúvida alguma um dos melhores presidentes que o país teve”, disse a candidata, ao formular uma pergunta para Serra.

O tucano, seu principal adversário, a acusa de se escorar na alta popularidade de Lula para se viabilizar eleitoralmente.

O tucano, por sua vez, citou o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso ao dizer, no primeiro bloco do debate, que o Bolsa Família é derivado de outros programas criados na gestão tucana e que um dos coordenadores da campanha de Dilma, Antonio Palocci, ex-ministro da Fazenda, “elogiou durante vários anos a política econômica” de FHC.

PROMESSAS

Sem ataques pessoais e com temas polêmicos excluídos da discussão entre os presidenciáveis, as promessas acabaram ganhando espaço no debate.

No entanto, nada de novo surgiu. Todas as propostas já haviam sido anunciadas antes, e foram apenas reiteradas. Serra, por exemplo, voltou a prometer a criação do Ministério da Segurança Pública, a criação de um milhão de novas vagas em escolas técnicas e a construção de 154 AMEs (Ambulatório Médico de Especialidades) em todo o Brasil.

Dilma voltou a prometer a construção de 500 UPAs (Unidades de Pronto-Atendimento), a criação de 6.000 creches, além de defender o modelo de UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) adotado no Rio de Janeiro.

O clima ameno do debate não provocou nenhum pedido de direito de resposta pelos candidatos. A plateia –formada pelo staff político dos presidenciáveis e que costuma se manifestar em debates, gerando repreensão dos debatedores– foi notada pelos telespectadores uma única vez.

Diante da recorrência da temática da saúde nas intervenções de Serra, que usa sua passagem pelo Ministério da Saúde como capital eleitoral, Plínio de Arruda Sampaio franco atirador e, por isso, o mais à vontade disse que o tucano era “hipocondríaco, porque só fala de saúde”, arrancando risos da plateia.

As biografias dos candidatos mais um ponto de polarização entre Dilma e Serra acabou sendo mais explorado por Marina Silva, que, em duas oportunidades, falou de sua origem humilde.

Por 6 votos a 0 TRE confirma candidatura do deputado Penaldon Jorge

Deputado Penaldon Jorge
Por unanimidade o Tribunal Regional Eleitoral deferiu a candidatura do deputado Penaldon Jorge, jogando por terra o factóide criado por seus adversários.

Garantida sua candidatura pela Corte, Penaldon calou seus adversários.

Penaldon declarou após o resultado que tinha certeza de sua vítoria, e que sempre esteve tranquilo quanto sua elegebilidade.

Trabalho: Fábio Câmara conquista espaço

Fábio Câmara ao lado do sec. José Márcio Leite

Durante a inauguração do comitê de campanha do deputado Ricardo Murad(PMDB), o signatário do blog percebeu uma grande movimentação em torno de um rapaz, que depois do próprio Ricardo, parecia ser o mais procurado pelas pessoas que por ali chegavam. Trata-se de Fábio Câmara, gestor de Saúde do Estado e um dos principais assessores do deputado.

Fabio Câmara é suplente de vereador pelo PMDB e recebeu quase 4 mil votos nas eleições de 2008, não se elegeu, mas mostrou força eleitoral surpreedente.

Foi trabalhar com Ricardo Murad,quando o deputado deixou a Assembleia para assumir a Secretaria de Saúde do Estado. Rapidamente conquistou a confiança do chefe, tornou-se gestor de Saúde da Região Metropolitana da Grande São Luís e hoje faz parte da tropa de elite de Ricardo Murad.