Marcelo Vieira – Política comentada e atualidades

Notícias, informações, entrevistas, reportagens e furos sobre política.

Busca em todo o site

Política

A falência do Socorrão na gestão de Edivaldo Júnior…

Por Marcelo Vieira Política
 

abandono

Blog do Marco D’Eça

A promotoria de Defesa da Saúde, órgão do Ministério Público responsável pelo acompanhamento da qualidade do serviço prestado na área, já ajuizou nada menos que sete ações civis públicas contra a Prefeitura de São Luís, pelo abandono do Hospital Djalma Marques o Socorrão.

O atendimento na unidade de saúde só piorou, desde o início da gestão do prefeito Edivaldo Júnior (PDT).

Agora, tanto o Conselho Regional de Medicina quanto a Associação dos Médicos denunciam que a situação chegou ao limite da falência no hospital.

– Não temos soro. A ortopedia infantil foi suspensa por  falta de material. Todo dia está acontecendo isso aqui. Alguém precisa fazer alguma coisa – desespera-se o médico Érico Cantanhede, que também já dirigiu a unidade.

Mas o problema é que, o único capaz de fazer alguma coisa – o prefeito Edivaldo Júnior – não faz absolutamente nada, além de propaganda escondendo os pacientes dos corredores.

O problema ainda é mais grave por causa da parceria de incompetência do prefeito com o governador Flávio DINO (PCdoB).

O estado desativou os serviços de Neurologia no Hospital de Pinheiro, o que só fez aumentar o fluxo de pacientes do interior no hospital da capital.  Mas Edivaldo faz silêncio por medo do governador.

– Nós, profissionais, estamos saindo doentes do hospital; e sem perspectiva, por que essa situação de falta de material e vaga está se tornando rotina –concluiu Érico Cantanhede…

Cadê os viadutos que Edivaldo Holanda Júnior prometeu?

Por Marcelo Vieira Política
 

edivaldo viaduto

Praticamente quatro anos já se passaram depois que Edvaldo Holanda Júnior assumiu a prefeitura da capital maranhense com o discurso “do novo”, “da mudança” para São Luís. O fato é que pouca coisa foi feita durante esses anos, a grande maioria das promessas nunca foram cumpridas!

Uma delas é a construção de dois viadutos para desafogar o transito em áreas críticas da capital. Na época da campanha eleitoral, no ano de 2012, “Holandinha” utilizou seu horário político gratuito na TV para questionar o então prefeito João Castelo sobre os R$ 73 milhões para a construção do viaduto da Forquilha, que simplesmente desapareceram.

Ainda durante o seu programa eleitoral, ele prometeu na sua gestão a construção de dois viadutos, o da Forquilha e do Calhau, e criar uma Central de Engenharia de Trânsito, porém, tudo não passou de promessa.

Quase quatro anos depois o trânsito na cidade continua um caos nesses locais onde foram prometidos esses viadutos e em muitos outros. Cadê a mudança?

São Luís não precisa mais das falsas promessas de Edivaldo e o eleitor já compreendeu isso . A resposta será dada nas urnas

 

Tchau, querido!! Justiça determina perda de mandato do prefeito de Bacuri

Por Marcelo Vieira Política
 

José-Baldoíno-da-Silva-Nery-contunua-afastado-da-prefeitura-de-Bacuri

O juiz Thadeu de Melo Alves, titular da Comarca de Bacuri,  determinou a perda imediata do mandato do prefeito José Baldoíno Nery. O chefe do executivo bacuriense foi condenado em ação proposta pelo Ministério Público Estadual (MPMA) por irregularidade na licitação do transporte escolar da cidade.

Na ação, o MP acusa o prefeito de ter contratado os serviços da empresa Conservis, no valor de R$ 1.092.000,00, para a locação de veículos, com irregularidades que teriam frustrado o caráter competitivo da licitação, enquadrando os envolvidos no delito de fraude, previsto na Lei de Licitações.

O problema só foi descoberto depois que oito estudantes morreram quando eram transportados num “pau-de-arara”.

Além de Baldoíno, a ação tinha como réus Célia Vitória Nery (ex-Secretária Municipal de Educação), Gersen James Correa (Presidente da Comissão de Licitação), Flávia Regina Assunção (Secretária da Comissão), Maria José Nascimento (membro da comissão), Vagno Setubal (pregoeiro), Raimundo Nonato Amorim (integrante da equipe de apoio), Arcy Fonseca Gomes (Assessor Jurídico de Bacuri), Andrew Fabrício Santos (Sócio da Conservis), e Conservis Construções, Comércio e Serviços LTDA.

Destes, apenas Flávia Regina, Maria José, Raimundo Amorim e Arcy Fonseca foram absolvidos.

Na denúncia, o MP sustentou que após o acidente foram encontradas diversas irregularidades no Pregão Presencial n° 008/2013, dentre as quais: ausência do termo de referência; não publicação de resumo do edital e resultado da licitação; não realização de consulta de preços correntes no mercado e inexistência de concorrência licitatória; subcontratação integral de serviços de transporte escolar; e contratação de empresa para prestação de serviço de transporte escolar sem processo licitatório ou devido processo de dispensa de licitação. Diante das irregularidades citadas o Ministério Público ajuizou a ação de improbidade administrativa, pedindo, ao final, pela condenação dos réus.

A vencedora da licitação, Conservis Ltda., subcontratou integralmente os serviços de transportes escolar, porque, embora vencedora do certame, não possuia capacidade técnica, material, econômico-financeira e humana para a execução dos serviços.

Além disso, a empresa pertence a um sobrinho do vice-prefeito, à época aliado dos réus. Os réus foram condenados, também ao pagamento de multa de valor igual ao do contrato fraudado e tornados inelegíveis por oito anos.

“Condeno ainda os réus, pessoas físicas, à perda de suas respectivas funções públicas, caso ainda a detenham; Considerando a gravidade das consequências geradas pelo ato ímprobo, bem com sua extensão, determino a suspensão dos direitos políticos pelo período máximo, qual seja, de 08 (oito) anos para todos os réus, com exceção da pessoa jurídica, por ser esta penalidade incompatível com sua natureza. Multa civil, a ser paga solidariamente por todos os condenados, incluindo a pessoa jurídica, no valor correspondente a 01 (uma) vez o valor do dano, qual seja, R$ 1.092.700,00 (um milhão, noventa e dois mil e setecentos reais), devidamente corrigida monetariamente, pelo INPC, e juros moratórios de 1,0% ao mês, contados da época dos fatos (abril de 2014) até a data do efetivo pagamento.

“Essa ação foi inciada em outubro de 2014 e, agora, concluída em 2016. O Poder Judiciário deu resposta à sociedade, julgando, em menos de dois anos, um processo dessa complexidade”, finalizou o juiz Thadeu de Melo Alves, que chegou em Bacuri em agosto de 2015.

Wellington do Curso vence Edivaldo e Eliziane no segundo turno, diz pesquisa

Por Marcelo Vieira Política
 

Blog Neto Ferreira

Em um eventual 2º turno, Edivaldo Holanda Júnior (PDT) perderia a corrida para a Prefeitura de São Luís para Eliziane Gama e Wellington do Curso, segundo aponta o levantamento do Instituto Prever Pesquisa e Consultoria.

A pesquisa, que foi encomendada pelo Blog do Neto Ferreira, ouviu 700 pessoas entre os dias 22 a 24 de julho. A margem de erro de 3,7% com intervalo de confiança de 95%. A sondagem está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número MA-02842/2016.

Em um confronto entre Eliziane e Edivaldo, a deputada federal ganharia no segundo turno com 34,6%, contra 31,2% das intenções de votos. Não voltaria em nenhum ou em branco ficou com 29,7% e não sabe ou não respondeu com 4,5%

Em outro cenário, agora um confronto direto com o deputado Wellington do Curso, o pedetista ficaria com 30,5%, já o candidato do PP ganharia a eleição com 35,1%. Não voltaria em nenhum ou em branco ficou com 30,5% e não sabe ou não respondeu com 3,8%.

Já uma disputa entre Gama e Wellington, o candidato do PP vence com 32,2%, e Eliziane perderia com 30,8%. Não voltaria em nenhum ou em branco ficou com 32,8% e não sabe ou não respondeu com 4,2%.

pesquisa 1

pesquisa-02

pesquisa-03

PRP anuncia apoio ao pré-candidato a prefeito de Matinha Eldo Jorge

Por Marcelo Vieira Política
 

severino-com-pre-matinha

O professor Eldo Jorge (PCdoB) ganhou reforço do PRP na sua pré-candidatura a prefeito de Matinha. Ele começa a ganhar musculatura política para enfrentar o atual prefeito, Beto Pixuta (PDT).

O presidente estadual do PRP, Severino Sales, recebeu, na manhã desta quarta-feira (27), na sede do Diretorio Regional do partido, em São Luís, o vereador José Orlando dos Santos, o Ze Orlando de Santa Izabel (PRP) para tratar sobre as eleições deste ano município.

Severino deu apoio ao parlamentar nas tratativas em Matinha para que o partido caminhe com o comunista pré-candidato à prefeitura matinhense.

Wellington do Curso continua crescendo nas pesquisas de intenção de voto

Por Marcelo Vieira Política
 

Deputado-Wellington-do-Curso-PPS-1

 

Levantamento do Instituto Prever-Pesquisa e Consultoria, divulgado nesta quinta-feira (26), aponta o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), na liderança com apenas 22,7% das intenções de votos.

A deputada federal Eliziane Gama (PPS) aparece em segundo lugar com 19,1%, e em terceiro vem o deputado estadual Wellington do Curso (PP), com 18,8%. Em seguida, aparecem o deputado Eduardo Braide (PMN) com 4,6% e a vereadora Rose Sales (PMB) com 4,0%. Por último, aparece o vereador Fábio Câmara (PMDB) com 3,5%. Não sabem ou não responderam com 6,0% e nenhum/branco com 21,2%.

PESQUISA

Analisando os três melhores colocados na pesquisa e fazendo um comparativo com a pesquisa divulgada anteriormente, realizada pela Econométrica, percebemos que na verdade o atual prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior teve um desempenho ainda pior, caiu de 23,7% para 22,7%, a deputada federal Eliziane Gama também caiu, de 20,0% para 19,1%, o deputado estadual Wellington do Curso foi o único que subiu nas pesquisas, de 18,1% para 18,8%.

Dessa forma, percebemos que dentre todas essas pesquisas o pré-candidato que mais se destaca é Wellington do Curso, crescendo cada vez mais nas intenções de voto da população da capital.

A sondagem também avaliou o índice de rejeição por parte dos eleitores em relação ao pré-candidatos. O prefeito de São Luís tem a maior taxa com 35%. Em seguida, 11,4% dos eleitores afirmaram que não votariam de jeito nenhum em Eliziane Gama; Fábio Câmara 9,6%.

Rose Sales tem rejeição de 6,3%; Eduardo Braide 5,9%, e Wellington do Curso é o menos rejeitado com apenas 2,5%. Não souberam ou não responderam surgem 20,1% e não rejeito nenhum com 9,2%.

REJEIÇÃO

A pesquisa, que foi encomendada pelo Blog do Neto Ferreira, ouviu 700 pessoas entre os dias 22 a 24 de julho. A margem de erro de 3,7% com intervalo de confiança de 95%. A sondagem está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número MA-02842/2016.

Prefeitura de Paço do Lumiar anuncia pagamento da primeira parcela do 13º junto com salário para este sábado

Por Marcelo Vieira Política
 

Josemar-Sobreiro-prefeito

A Prefeitura de Paço do Lumiar antecipará o pagamento total da primeira parceria do 13º salário de todos os servidores de Paço do Lumiar para este sábado (30). O benefício será depositado na conta do funcionalismo juntamente com os proventos do mês de julho.

A medida foi possível com os ajustes e priorização dos servidores pela atual gestão. Antes, o repasse da metade do 13º seria feito conforme um calendário que seguia mês a mês, dividido por secretaria ou órgão, com previsão até dia 15 de novembro. Aposentados, pensionistas e trabalhadores da Secretaria Municipal de Educação (Semed) já haviam recebido nos meses de junho e julho.

“O pagamento dos servidores é necessidade primordial, mesmo em meio à crise econômica. Fizemos ajustes e cortes, mantendo as contas municipais equilibradas, e vamos quitar a primeira parcela do 13º de todo o funcionalismo municipal, antes do previsto pelo escalonamento que se estendia até novembro”, destacou o secretário de Administração e Finanças, Gean Monteiro.

Gean lembrou ainda que, enquanto muitos municípios estão parcelando ou mesmo atrasando salários, Paço do Lumiar vem mantendo o compromisso com o repasse dos salários dos servidores. “Esse é o diferencial da gestão de Paço do Lumiar, que vem se esforçando em fazer economia para enfrentar a crise e permitir que essa conquista de depositar os primeiros 50% do 13º salário fosse feita antes do fim de julho. Com a medida vamos dar segurança às equipes de trabalho, e assim continuarmos prestando serviços com qualidade à população luminense”, comemorou o secretário.

Edinho Lobão joga pesado contra Fábio, ” você não tem dinheiro e eu não vou lhe dar”

Por Marcelo Vieira Política
 

edison-edinho-lobao-filho-e1452163886578-940x540

O vereador Fábio Câmara (PMDB) não cedeu a pressões de caciques do partido para desistir de sua candidatura e compor com outros nomes. Ao contrario, resistiu, recebeu o apoio incondicional do presidente estadual da legenda, senador João Alberto, e agora é candidatíssimo. E para reforçar ainda mais sua missão, o deputado estadual Roberto Costa deve emitir nos próximos dias uma nota oficial com o apoio irrestrito do PMDB á sua candidatura.

A pressão maior partiu do suplente de senador, Lobão Filho. Durante reunião realizada ontem com a cúpula do PMDB na sede do partido, Lobinho apelou feio na tentativa de persuadi-lo a desistir.

Segundo fontes do blog, o suplente jogou pesado e teria dito que não daria dinheiro para a campanha de Câmara. “Você não tem dinheiro para bancar uma campanha e eu não vou te dar dinheiro,” disse o senador. Visivelmente chateado, Câmara reagiu e respondeu: senador, e eu estou lhe pedido dinheiro?

Corre a boca pequena que o interesse de Edinho Lobão em negociar o PMDB agora seria para garantir seus negócios entre a Difusora e uma possível gestão de Eliziane.

Na lógica de Edinho, com Fábio candidato não haverá espaço para que ele(Edinho) possa negociar seus interesses depois.

 

Pinheiro 2016: Luciano Genésio garante apoio dos Leões e joga pá de cal na reeleição de Filuca

Por Marcelo Vieira Política
 

13631399_1139813646041382_1701637228982802554_n

Finalmente, depois de liderar todas as pesquisas de intenção de votos para prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio(PP)conseguiu superar o candidato do PCdoB, Leonardo Sá, e garantiu o apoio do Palácio dos Leões.

Agora pela tarde, o governador Flávio Dino recebeu os dois grupos políticos no Palácio para oficializar a chapa encabeçada por Luciano Genésio.

Na manhã desta quarta-feira, um acordo entre os dois pré-candidatos que disputavam a preferência do governador Flávio Dino(PCdoB) praticamente decide a vitória da oposição na Princesa da Baixada, pondo fim ao governo do prefeito Filuca Mendes(PMDB).

Indicado e apoiado pelo deputado Othelino Neto, o médico e vereador Leonardo Sá, não conseguiu avançar o suficiente e decidiu desistir de sua pré-candidatura e compor como vice na chapa de Luciano Genésio.

A aliança PP/PCdoB é um tiro de fuzil no projeto de reeleição do prefeito Filuca Mendes. Uma composição entre Luciano e Leonardo Sá era tudo que o grupo da situação temia.

Durante o encontro, o governador Flávio Dino disse que “essa união era desejada por ele e pelo povo de Pinheiro. ” Com esses dois jovens de força e garra nós vamos avançar”.

Para Luciano Genésio, essa união foi construída com muita maturidade, deixando as diferenças de lado e pensando em primeiro lugar em Pinheiro. ” Agora caminhamos juntos  e fortes com o apoio do nosso governador e de muitas lideranças a nível municipal , estadual e federal. E assim, com o paoio do povo vamos vencer as eleições”. finalizou Genésio.

São Luis 2016: Wellington do Curso foi o nome que marcou a pré-campanha de prefeito

Por Marcelo Vieira Política
 

Deputado-Wellington-do-Curso-PPS-1

Blog do Robert Lobato

A partir do próximo final de semana até o início do mês de agosto serão realizadas as convenções partidárias que homologarão as candidaturas aos cargos de prefeito e vereadores das eleições municipais de 2016. Depois é oficialmente dada a largada à disputa e salvem-se quem puder.

Se não é possível saber qual dos candidatos a prefeito de São Luís vai se sair melhor na campanha propriamente dita, uma coisa não há dúvida: nesta fase de pré-campanha quem mais se destacou foi Wellington do Curso (PP).

O pré-candidato progressista começou com índices modestos nas pesquisas e, de uma hora para outra, cresceu de forma extraordinária a cada levantamento feito por todos os institutos de pesquisa.

Em menos de três meses o empresário do setor educacional cresceu impressionantes 218%! Detalhe: o desempenho positivo de Wellington do Curso se deu antes mesmo dele se declarar pretendente ao cargo de prefeito de São Luís.

Não há como negar que o nome mais badalado atualmente na cidade quando o assunto é sucessão municipal é o do deputado estadual Wellington do Curso.

Nem mesmo as investidas covardes, factoides medonhos e aberrações de tudo que é natureza, sejam escritas ou em forma de vídeos, conseguiram conter o crescimento do projeto “Wellington prefeito-11”.

E se homem conseguir articular outros partidos, formar uma boa coligação e escolher um bom nome para vice-prefeito … sei não.

Que venha a campanha!